Revista gay mostra casos de sucesso profissional de jovens homossexuais

Um desses personagens é o cabeleireiro Marcelo Vaz, de apenas 19 anos

Os jovens homossexuais no ambiente de trabalho. Esse é o tema da reportagem de capa da Revista Label (www.revistalabel.com.br), publicação voltada para o público gay brasileiro. Na 11ª edição, a revista relata casos reais de gays com pouca idade que assumiram a sua orientação sexual no espaço corporativo e, que, mesmo assim, não perderam a credibilidade e se destacam profissionalmente.

Um desses personagens é o cabeleireiro Marcelo Vaz, de apenas 19 anos, que também protagoniza a capa da revista. Apesar de todos os clichês e estereótipos que cercam essa profissão, a revelação da sua orientação sexual não foi fácil no salão que trabalha, principalmente porque ele faz parte de uma família com tradição na arte do hair styling. ?Enfrentei inúmeras situações difíceis e provocativas logo em casa, por pertencer a uma família que sempre valorizou uma educação bastante regrada?, relata o garoto para Label.

Mesmo com essa conquista de Marcelo, nem tudo é festa. A reportagem também relata história de pessoas que preferem não se assumir no trabalho, como é o caso da advogada L.M., de 24 anos. ?Se eu me assumir e tentar reagir ao preconceito, posso perder o emprego ou então as oportunidades de crescimento, como já vi acontecer?, revela.

Além disso, a edição traz uma entrevista com o escritor de romances LGBT Kiko Riaze, bem como matérias sobre turismo gay, o uso de drogas nas baladas, a aposta das divas do pop em coreografias ousadas para encantar seus fãs e muito mais. Todo o conteúdo é disponibilizado gratuitamente pelo site www.revistalabel.com.br.


Revista gay mostra casos de sucesso profissional de jovens homossexuais

Fonte: Assessoria