25 mil pessoas passarão pela rodoviária de THE

25 mil pessoas passarão pela rodoviária de THE

Projeta-se que o aumento da demanda exija a disponibilização de até 110 ônibus extras

O início da tarde de ontem marcou o começo do pico de movimentação no terminal Rodoviário Lucídio Portella, na saída para o feriado de carnaval. A manhã deste sábado também faz parte do período mais movimentado na rodoviária, quando o ritmo de embarques deve continuar intenso. Até o fim do período de carnaval, a expectativa é de que mais de 25 mil passageiros utilizem o terminal.

De acordo com o gerente da rodoviária, Gilmar Oliveira, projeta-se que o aumento da demanda exija a disponibilização de até 110 ônibus extras, principalmente para os destinos mais procurados. ?Nos preparamos com base no ritmo observado nos anos anteriores,e por enquanto tudo transcorre com normalidade?, afirmou Gilmar.

Os campeões de procura por passagem são os que apresentam as festas de carnaval mais movimentadas: no Piauí, Luís Correia, Parnaíba Barras, Floriano, Água Branca, Bom Jesus e São Raimundo Nonato; fora do estado, Recife-PE, Salvador-BA e São Luís - MA. Nos dias que antecederam o período de carnaval, a administração da rodoviária aconselhou os passageiros a antecipar a compra das passagens, mas mesmo assim algumas filas são praticamente inevitáveis.

Gilmar Oliveira falou também sobre os problemas de infraestrutura do terminal, como nos banheiros e nas escadas rolantes. ?Um local que funciona 24h, como um terminal rodoviário, sempre apresenta problemas, mas estamos trabalhando para solucioná-los. Hoje, a rodoviária como um todo está limpa, incluindo os banheiros?, disse o gerente.

A Secretaria Estadual dos Transportes (Setrans) auxilia a administração do terminal na fiscalização das operações de embarque e desembarque. Segundo Oliveira, todo o planejamento dos feriados de 2011 já foi definido pela rodoviária com base em dados apresentados pelas empresas de ônibus, em reuniões feitas ainda em janeiro.

?Peço ainda para que os passageiros que ainda vão viajar que embarquem no próprio terminam em detrimento de outros pontos, pois é uma opção mais segura. Além disso, é necessário ficar atento às bagagens, mantendo-as sempre próximas?, complementou Oliveira. (D.L.)

Fonte: Dowglas Lima, Jornal Meio Norte