Rua passa a ter sentido único a partir de sábado na z.Leste de THE

Dois pontos receberão sinais sonoros na zona Sul

Com o intuito de dar maior mobilidade urbana ao trânsito de Teresina, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) tem realizado intervenções nas vias de maiores fluxos de veículos.


Image title

Como é o caso da Rua Dirce Oliveira, no Bairro Ininga, zona Leste, que terá apenas um sentido, alteração programada para ocorrer neste sábado, 16.

A Rua Dirce Oliveira, que faz cruzamento com a Avenida Nossa Senhora de Fátima, chega a receber das 17H30 às 18h30, horário de pico, em torno de 490 veículos por dia, causando engarrafamentos nesse período.

José Falcão, diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, explicou que será possível seguir na via apenas em direção ao setor agrícola da Universidade Federal do Piauí, no entanto, será via única ao longo de 1 km, até a Rua Epifânio Carvalho, que recentemente recebeu asfalto.

“A rua Dirce Oliveira é bastante utilizada para pessoas do Bairro Ininga, para saírem pela Avenida Nossa Senhora de Fátima ou pela Avenida Universitária. É uma das cinco vias de acesso que a rotatória da universidade permite.

Através de estudos técnicos, utilizando simuladores, a Strans decidiu mudar o sentido dessa via. Antes era duplo, a partir de sábado será sentido único até a Rua Epifânio Carvalho. Isso quer dizer que para acessar a rotatória da universidade só será possível em quatro vias”, esclarece.

José Falcão afirma que essas alterações no trânsito são para evitar engarramentos e principalmente acidentes. “É preciso reordenar o trânsito. Senão não teremos vazão para tantos veículos. Isso já observamos pela dificuldade em encontrar um local para estacionar o carro.

Essas intervenções que estamos realizando além de dar maior mobilidade ao trânsito, são para reduzir o número de acidentes”, destaca.

O fluxo de veículos em Teresina tem crescido de maneira assustadora. Prova disso é que em 2002, a capital contava com 123 mil veículos, este ano já conta com mais de 400 mil, o que reflete em maior incidência de engarramentos, de acidentes e também na falta de locais para estacionar.



Image title

Dois pontos receberão sinais sonoros na zona Sul

Para ampliar a acessibilidade às pessoas com deficiência visual, a Strans vai instalar, ainda este mês, sinais sonoros em dois pontos: na Avenida Barão de Castelo Branco e na Henry Wall de Carvalho, ambos na zona Sul da capital. Após a instalação desses equipamentos, Teresina contará com 11 pontos de sinais sonoros.

Segundo José Falcão, diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, esses locais foram selecionados devido à grande demanda, garantindo maior segurança e liberdade.

"Foram escolhidos esses dois pontos para instalar os sinais sonoros, por conta da quantidade de pessoas com deficiência visual que passa por esses locais, que precisam diariamente acessar esses trechos para fazer as travessias", diz José Falcão.

Questionado se a iniciativa terá outros pontos da cidade, o diretor garantiu que estão sendo realizados estudos técnicos. "Estamos buscando ou-tros locais que tenham essa necessidade. Até o momento, serão esses dois trechos.

Mas estamos realizando estudos técnicos para avaliar melhor as áreas. A intenção é dar maior liberdade às pessoas com deficiências visuais".


Image title

Fonte: Márcia Gabriele