Saiba como ajustar corretamente o retrovisor do seu carro

Outras questões como a diferença entre potência e torque e o que é a limpeza de motor flusch também são esclarecidas.

Saber ajustar de maneira correta os espelhos retrovisores laterais é uma questão de segurança, pois o chamado ?ponto cego? ? quando o ângulo do espelho prejudica a visibilidade de objetos próximos ao carro ? pode ser o responsável de sérios acidentes no trânsito, especialmente quando envolvem pedestres ou motocicletas. O G1 responde às perguntas dos internautas e dá dicas de como ajustar corretamente os espelhinhos. Outras questões como a diferença entre potência e torque e o que é a limpeza de motor flusch também são esclarecidas. Confira abaixo.

Gostaria de saber como evitar o ponto cego na hora de ajustar o retrovisor.

- Dirce Mendes

Para saber se os retrovisores externos estão cobrindo o maior ângulo ao redor do automóvel, o mais correto é colocar duas referências de cada lado do carro para usar como base. Por exemplo, utilizar um cone e pedir para alguém movê-lo em direção à dianteira do veículo e também para o lado de fora. De preferência, coloque também uma vassoura dentro do cone, isso facilita o ajuste, caso contrário seu acerto vai mostrar mais chão do que outros veículos ao seu redor. Faça isso dos dois lados e posicione o retrovisor de forma a visualizar o mínimo do cone ou da vassoura ? se aparecer uma pontinha do cone (parte inferior), melhor -, mas também uma parte do seu automóvel, mesmo que seja um cantinho. O melhor ajuste é esse, vai cobrir a maior área ao redor do veículo na melhor posição para você.

Qual é a diferença entre torque e potência?

- Valdez Lepin

Tanto o torque quanto a potência são grandezas usadas para quantificar as capacidades de rendimento de um motor. Ambas são obtidas somente com o funcionamento do propulsor em um equipamento especifico para isso, o dinamômetro. Esse equipamento é estático e consegue oferecer as condições de aceleração ideais para um motor desenvolver todo seu potencial.

A potência é a medida da capacidade do veículo para desenvolver velocidade ou o quanto um carro pode ser ágil. Como exemplo, um automóvel potente terá mais facilidade para empreender uma ultrapassagem. Quanto maior a potência, maior será a capacidade de atingir velocidades elevadas. Essa fórmula fica condicionada as rotações, sendo assim quanto mais se aumentam as rotações, mais o motor vai oferecer potência. Ou seja, a potência máxima estará disponível na rotação máxima obtida pelo motor. Vale ressaltar que existe uma faixa limite para as rotações, acima desse limite o motor poderá explodir, ou em outras palavras, quebrar. Na questão técnica, por definição, 1 cavalo, ou 1 cv, é a potência necessária para levantar 75 quilos a 1 metro de altura em 1 segundo. Portanto, 1 cv é igual a 75 kg.metros/por segundo, representado por 75 kg.m/s.

Já o torque é a medida que corresponde à capacidade do veículo para desenvolver força, ou seja, tracionar, puxar, empurrar, etc. O torque máximo, ou máxima capacidade do veículo tracionar uma carga, por exemplo, sempre ocorre numa rotação intermediária, diferentemente da potência. O torque é informado por metros.quilograma-força, representado pela sigla m.kgf. Vale ressaltar que em todos os manuais do proprietário constam as informações sobre potência e torque máximos de cada veículo.

Tenho dúvida de como funciona a limpeza de motor flusch. Serve para limpas as velas?

- Jeremias Brandão

Esse serviço é uma limpeza química do motor no que trata da parte de lubrificação, mas não serve para limpar as velas de ignição. Os depósitos de carvão que se juntam nas velas do motor podem ser extraídos por um mecânico habilidoso, mas no caso de se detectar esses depósitos, o melhor mesmo é a substituição das velas.

Vocês poderiam explicar como o acelerador eletrônico funciona aliado à injeção?

- André

O acelerador eletrônico é um mecanismo que elimina o tradicional cabo. No lugar desse cabo entra um sensor de posição do pedal do acelerador, que é formado por dois potenciômetros responsáveis por informar o movimento do pedal através de sinais elétricos. Esses sinais são transmitidos para a central eletrônica do motor, que por sua vez analisa o movimento ? o quanto o motorista pisa no acelerador - e associa a outras informações, como a rotação do motor, por exemplo, para então enviar o comando de abertura do corpo da borboleta, que é feita por um motor elétrico. Tudo isso é gerenciado pela central eletrônica do carro, que ao mesmo tempo controla a mistura ar/combustível, o avanço de ignição, o ventilador de arrefecimento, entre outros componentes.

Quando você dá partida no carro porque sai água no escapamento?

- Nilton Machado Figueiró

Isso é comum ocorrer no inverno, pois nos dias mais frios, quando o veículo percorre curtas distâncias é normal encontrar formação de água no interior do escapamento. É como a formação da chuva em nossa atmosfera. Uma massa de ar quente - a que sai do motor - encontra com uma massa de ar fria - a que se encontra no ambiente ? e aí ocorre uma condensação dentro da tubulação e, por conseqüência, é armazenada água em seu interior. Quando o motor entra em funcionamento, essa água armazenada é expelida juntamente com os gases de descarga. Porém, caso ocorra a saída de água pelo escapamento com o motor do carro já devidamente aquecido, aí pode ser indício de uma junta do cabeçote queimada, em outras palavras, é um problema.

Minha dúvida é sobre a qualidade da gasolina, o que a gente pode fazer para se prevenir?

- Samanta

O que todo motorista pode e deve fazer é escolher um posto de combustível e sempre abastecer no mesmo local. Para assegurar-se da qualidade do combustível oferecido nesse posto, seja álcool, gasolina ou diesel, exija um teste do produto. É um direito seu. Para saber como funciona o teste, no próprio estabelecimento as regras devem ser apresentadas e esclarecidas. Qualquer consumidor pode denunciar um estabelecimento que apresentar alguma irregularidade por meio do telefone da ANP: 0800 970 0267. No entanto, convém escolher um posto com movimento freqüente e lembre-se que combustível barato tem grande chance de se tratar de um combustível adulterado.

Tenho um Palio só a gasolina e quero informação se vale colocar gasolina aditivada. Hoje uso só comum, dá problema?

- Seu Jorge

Tanto a gasolina comum quanto a aditivada não pode causar dano algum a qualquer tipo de motor. No entanto, é bom lembrar que a gasolina aditivada possui em na fórmula componentes cujas funções são detergentes, ou seja, servem para limpar as partes onde ela entra em contato. A gasolina do tipo comum não conta com essas propriedades. A finalidade principal dos aditivos no combustível é atuar na diminuição dos resíduos deixados pela gasolina no interior do motor. Os resíduos são inevitáveis, pois são oriundos da própria gasolina, cujo subproduto é denominado de goma, resultante do processo de fabricação da gasolina, que quando submetida a altas temperaturas forma a famosa borra.

Com o uso pode-se gerar acúmulo de borra no sistema de alimentação do motor, ou seja, em peças como bomba de gasolina, filtro, bicos, válvulas etc. Esse acúmulo de sujeira pode estragar os componentes, desse modo, a função da gasolina aditivada é manter as partes internas do motor e do sistema de alimentação limpos, eliminando esses resíduos e, ao mesmo tempo, permitindo que o motor trabalhe, otimizando o fluxo de combustível, o que resulta em melhor desempenho. É bom lembrar que um carro quando abastecido com gasolina aditivada não irá consumir mais combustível e só é recomendado o uso de aditivo na gasolina quando essa especificação estiver expressa no manual do proprietário. Uma boa opção é intercalar os abastecimentos entre gasolina comum e aditivada.

Meu cunhado tem um Alfa com a sigla TWIN CAM, o que isso significa?

- Carlão

Essa expressão indica um carro equipado com motor de duplo comando de válvulas, ou seja, duas peças que controlam a abertura e fechamento das válvulas na entrada de ar ou mistura (ar mais combustível) e saída dos gases resultantes da queima.

Fonte: g1, www.g1.com.br