Salve Rainha: sobrevivente do acidente precisa de doação de sangue

Jader Damasceno precisa de sangue para estabilizar taxas sanguíneas

Único sobrevivente do trágico acidente que resultou na morte dos irmãos Bruno Queiroz e Francisco das Chagas Junior, o jornalista Jader Damasceno está precisando de doação de sangue do tipo A positivo. 

Jader está internado no Hopistal São Marcos, onde passou por uma intervenção cirúrgica no femúr e na tíbia, no último dia 1º de julho.  De acordo com informações, o jornalista já foi informado sobre a morte dos dois amigos que estavam com ele no dia do acidente.  

Para doar, as pessoas devem se dirigir ao Hemopi, localizado à Rua 1º de maio, nº 235, Centro e cujo horário de funcionamento é de Segunda a Sábado, das 7h às 18 horas. Os doadores precisam ter entre 18 e 69 anos, saudáveis e alimentados.

O jornalista está em estado estável, fora de perigo e necessita do doação apenas para estabilizar suas taxas sanguíneas. 

O acidente

No último dia 26, três jovens seguiam em um Fusca pela avenida Miguel Rosa quando um motorista avançou o sinal vermelho e colidiu contra o carro, que era guiado por Bruno Queiroz, que teve morte imediata. O irmão de Bruno, Francisco das Chagas Júnior, ainda chegou a ser socorrido, mas, morreu dias depois no Hospital de Urgências de Teresina. "Chaguinha", como era conhecido, foi um dos fundadores do coletivo Salve Rainha, que leva intervenções artísticas a locais abandonados de Teresina. 

O motorista que causou a colisão estava embriagado e foi preso em flagrante, sendo solto no dia seguinte após um juiz, em uma audiência de custódia, estipular fiança de 7 mil reais. 


Jornalista Jader Damasceno (Crédito: Reprodução)
Jornalista Jader Damasceno (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte