SAMU atendeu mais de 30 crianças vítimas de acidente de moto

Levantamento foi feito com base nos dados do mês de abril

Um levantamento divulgado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Teresina revelou que somente no mês de abril deste ano,  35 pessoas, entre crianças e adolescentes de 0 a 18 anos foram atendidas pelo serviço, todas vítimas de acidentes de trânsito. Desse total, 88,6% corresponderam a acidentes em motocicleta e apenas quatro crianças foram vítimas de atropelamento.

O SAMU contabilizou ainda os grupos que mais se envolveram em acidente, tendo por critério a faixa etária. Assim, em primeiro lugar estão adolescentes de 17 anos; em segundo lugar de 16 anos; em terceiro, 15 anos; em quarto lugar, 14 anos, em quinto, 13 anos, em sexto lugar, crianças de 11 anos, seguidos de crianças de 10 anos, depois 8 anos, 6 anos, 5 anos e  3 anos de idade.

O diretor geral do SAMU, Marcelo Benício, descreve os traumas mais comuns que acometem crianças e adolescentes que sofrem acidente de moto:

“A criança pode sofrer traumas psicológicos ou físicos, a exemplo fraturas de extremidades, da coluna, perda de membros, traumatismo craniano, podendo o dano ser temporário ou mesmo permanente, dependendo do tipo da lesão”, conta.

Ele explica que as ações do Poder Público e a conscientização da população no trânsito são fundamentais. “Os acidentes podem ter consequências irreparáveis e ocorrem por vários motivos, como imprudência e negligência. No cotidiano, verificamos excesso de passageiros nas motocicletas, pessoas sem capacetes ou mesmo menores de idade pilotando motos. É fundamental que as pessoas conheçam as leis do trânsito e utilizem os equipamentos de proteção. Além disso, é necessária a fiscalização pelos órgãos responsáveis”, conclui.

No Brasil, somente é permitido o transporte, em motocicletas, de crianças a partir de sete anos de idade. De acordo com o art. 244 do Código de Trânsito Brasileiro, conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar da sua própria segurança é considerado infração gravíssima. A penalidade consiste em multa e suspensão do direito de dirigir.


SAMU atendeu mais de 30 crianças e adolescentes vítimas de acidente de moto (Crédito: Reprodução)
SAMU atendeu mais de 30 crianças e adolescentes vítimas de acidente de moto (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte