Samu monta estratégia de ação para atendimendo no Corso de Teresina

Samu monta estratégia de ação para atendimendo no Corso de Teresina

O serviço vai disponibilizar 15 profissionais e duas ambulâncias básicas, que serão postas em pontos estratégicos do evento. O hospital da Primavera dará a assistência para outros atendimentos

Falta um dia para o evento carnavalesco mais esperado de Teresina. O Corso, que acontecerá a partir das 15h, na Avenida Raul Lopes, tem movimentado, além dos teresinenses, o comércio, órgãos e serviços de assistência de segurança e médica da capital.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Teresina (Samu) foi um dos serviços acionados para o Corso 2015.

Só no evento do ano passado, chegou a realizar em torno de 100 atendimentos, dentre esse número, 20 foram encaminhados para os hospitais.

E para este ano, o Samu vai disponibilizar 15 profissionais e duas ambulâncias básicas, que serão postas em pontos estratégicos do evento. Uma será no balão próximo da Ponte da Primavera, e a outra estará na base fixa do Samu, que ficará na Ponte Estaiada.

De acordo com Marcelo Benício, diretor de Enfermagem do Samu Teresina, a base fixa terá atendimento avançado e prestação de primeiros socorros, exceto cirurgias.

“A base fixa é um posto avançado de atendimento, que fará todos os tipos de atendimento, como aferição de pressão, soro, curativos e até atendimento de paradas cardiorrespiratórias, todos, menos cirurgias. O hospital do Primavera vai ficar para atendimento clínico”, explica o diretor de Enfermagem do Samu.

O trajeto principal do desfile do Corso de Teresina é a Avenida Raul Lopes, que é considerada um dos maiores parques ambientais da capital. O evento conta com a organização da Prefeitura de Teresina por meio da Superintendência de Desenvolvimento Leste (SDU Leste), em parceria com a Fundação Municipal Monsenhor Chaves (FCMC).

Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: Virgínia Santos e Márcia Gabriele