São Raimundo Nonato terá voos diários em congresso

Para o período de 29 de junho a 3 de julho, estão confirmados voos diretos em aviões do tipo Bandeirantes

O Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato vai realizar uma média de dez operações por dia durante o período do Global Rock Art - Congresso Internacional de Arte Rupestre, que se realiza na cidade a partir do próximo dia 29, promovido pela Federação Internacional de Organizações de Arte Rupestre (Ifrao), com o apoio do Governo do Piauí.

Para o período de 29 de junho a 3 de julho, estão confirmados voos diretos em aviões do tipo Bandeirantes de Teresina e da cidade pernambucana de Petrolina com destino a São Raimundo Nonato. ?Entre pousos e decolagens, nossa previsão é de que teremos um total de dez operações diariamente?, diz Antônio Mesquita, da Esaero Soluções Aeronáuticas, empresa contratada pelo governo para cuidar das operações do aeroporto de São Raimundo Nonato neste período. A passagem Teresina-São Raimundo Nonato vai custar R$ 260 e para o trecho Petrolina-São Raimundo Nonato, R$ 169.

A Esaero Soluções Aeronáuticas tem sede em Recife e possui experiência na operação de aeroportos em regiões turísticas do Nordeste, sendo responsável, entre outros, pelo aeroporto da cidade de Ilhéus, uma das mais visitadas cidades turísticas do interior do Estado da Bahia.

Na última segunda-feira (15), foram iniciadas as obras de montagem da infraestrutura provisória que vai funcionar como casa de passageiros no Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato. Estão sendo montadas uma área receptiva com 400 metros quadrados, sala de operacionalização e salas para companhias aéreas. O projeto inclui ainda uma sala vip de 36 metros quadrados, banheiros, bebedouros e sinalização da área.

A estrutura vai funcionar até o próximo ano, quando deverá ficar pronta a casa de passageiros definitiva, cujas obras já foram autorizadas pelo governador Wellington Dias em sua última visita ao município, no início desta semana. A casa de passageiros vai custar cerca de R$ 8,3 milhões. Também foi autorizado o início das obras de ampliação da pista do aeroporto, que vai passar dos atuais 1,6 mil para 2,5 mil metros de extensão, podendo receber qualquer tipo de aeronave. Os 850 metros de pista da segunda etapa da obra terão um investimento de R$ 10,3 milhões.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br