Saúde apoia ação de Forças Armadas contra o Aedes aegypti

A ação prevê 220 mil homens e mulheres, sendo 160 mil do Exército.

Técnicos da Secretaria de Estado da Saúde estiveram reunidos com as Forças Armadas para organizar o Dia Nacional de Mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, que será realizado no dia 13 de fevereiro, em todo o país. A ação prevê 220 mil homens e mulheres, sendo 160 mil do Exército, 30 mil da Marinha e 30 mil da Força Aérea.

Esse contingente atuará em 356 municípios brasileiros, incluindo todas as capitais e as cidades consideradas endêmicas pelo Ministério da Saúde.

No Piauí, serão contemplados os municípios de Piripiri, Campo Maior, Picos, Bom Jesus, Canto do Buriti, Floriano e Parnaíba, com a presença de mais de 1600 soldados.

Os militares farão a distribuição de material com orientações para que a população se informe e se engaje no combate ao mosquito. Os panfletos serão distribuídos para aproximadamente três milhões de residências, quando também será incentivado que os moradores denunciem os focos onde hajam proliferação do Aedes aegypti.

Para a Superintendente de Atenção a Saúde, Cristiane Moura Fé, é importante o engajamento de todos. “É de extrema importância a participação de todos, precisamos eliminar qualquer tipo de focos do mosquito e essa é hora da participação de todos”.

Fonte: Ascom