Secretário de Saúde autoriza aquisição de Hemocentro Móvel no Piauí

A unidade irá facilitar a coleta externa realizada pelo Hemocentro

Neste 14 de junho, Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, assinou contrato para aquisição de uma Unidade Móvel para coleta de sangue para o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi).

A unidade vai facilitar a coleta externa realizada pelo Hemocentro, fortalecer a descentralização do processo e, consequentemente, aumentar o número de doações. “Dessa forma, o Hemopi aproveitará a disposição do piauiense em ajudar e ir até ele nos locais mais distantes do Estado”, explica o secretário.

Com investimentos de R$953 mil, o ônibus é dotado de equipamentos para triagem de doadores, espaço para coleta de sangue, local para recuperação do doador e lanchonete.

“Para realizar nossa coleta externa, muitas vezes precisamos improvisar ambientes, o que pode diminuir a qualidade do sangue devido às condições do local. Com a unidade móvel, teremos as condições ideais de coleta e armazenamento do sangue, garantindo em 100% sua qualidade e a dos produtos derivados”, explica o diretor do Hemopi, Jurandir Martins.

Agradecimento
Em celebração ao Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, o Hemopi promoveu ação em agradecimentos aos seus voluntários cadastrados e cerca de 150 doadores diários. A homenagem foi em forma de cultura, cuidados pessoais e presentes.

“Acreditamos que a melhor forma de reconhecer a importância desses doadores voluntários é agradecendo por esse ato valoroso de cidadania que é salvar vidas”, disse o diretor do Hemopi, Jurandir Martins.

Para a pedagoga Maria dos Remédios da Silva, doadora há dez anos, o ato de doar significa renovação. “Eu me sinto uma pessoa melhor do que eu sou, fico com o espírito renovado toda vez que doo meu sangue para quem precisa”, declarou.

Outra forma de agradecimento é proporcionar conforto e comodidade ao doador, em melhorias no parque tecnológico com aquisição de máquinas de última geração que facilitam a doação e torna melhor a qualidade na transfusão. “Estamos, também, realizando reforma no hemocentro de Floriano com previsão de conclusão em agosto o que tornará o ato de doar sangue mais cômodo doador”, concluiu o diretor.

Fonte: Com informações do Portal do Governo