Secretário Fábio Abreu fala sobre o plano estadual de segurança

"Vamos investir pesado tanto na repressão contra a violência"

O Gabinete de Gestão Integrada do Piauí (GGI) se reúne, nesta quinta-feira (12), para apresentar a metodologia que será utilizada na elaboração do primeiro Plano Estadual de Segurança Pública do Piauí. A reunião será às 15h, no auditório da Academia da Polícia Civil (Acadepol), no bairro Saci, e será coordenada pelo secretário da Segurança, Fábio Abreu.

Na oportunidade, será apresentado um diagnóstico da situação da segurança no estado. “Esse diagnóstico será uma das bases para elaboração do plano. Faremos também plenárias em todos os territórios de desenvolvimento ouvindo a população e utilizaremos essas informações para alinhar as políticas públicas de segurança à realidade de cada município”, informa o gestor.

ecretário da Segurança, Fábio Abreu
ecretário da Segurança, Fábio Abreu

Fábio Abreu destaca que o plano estadual terá metas que serão atingidas a curto, médio e longo prazo. “Nosso objetivo é utilizar esse plano para transformar o cenário da segurança pública. Vamos fazer um planejamento criterioso de investimentos para reequipar as forças de segurança pública do estado e investir ainda mais em tecnologia, setor de inteligência, políticas públicas para mulheres e repressão ao tráfico de drogas. Temos certeza que combatendo o tráfico vamos conseguir diminuir a incidência de outros crimes como homicídios, furtos e roubos praticados geralmente para sustentar o crime organizado ligado às drogas”, ressalta o secretário.

"Para reforçar ainda mais essa política pública, a Secretaria da Segurança vai investir pesado tanto na repressão como na prevenção da violência. Com o plano, queremos conseguir mais investimentos para alguns programas de combate ao tráfico e ao uso de drogas como o Proerd e o Mirim Cidadão. Investir no policiamento ostensivo é importante, mas prevenir é fundamental, e esses programas já estão dando frutos e merecem ser valorizados”, lembra Abreu.

Além do secretário da Segurança, participam da primeira reunião do GGI a governadora em exercício, Margarete Coelho, representantes da Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria da Justiça, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça, Procuradoria Geral de Justiça, Secretaria Nacional de Segurança Pública, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Forças Armadas, OAB, Associações comunitárias, representantes religiosos, APPM, Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Fundação Cepro, Secretaria de Estado do Planejamento, Secretaria Estadual de Governo, Tribunal Regional Federal da 1ª região.

Fonte: Portal Meio Norte