Seis casos de gripe suína no Piauí

Governo do Piauí comunica ainda que oito casos suspeitos estão sendo monitorados

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) divulgou ontem a confirmação de mais um caso de gripe suína (H1N1) no Piauí, aumentando para seis os casos confirmados da doença. A nota informa que todos os pacientes são pessoas que viajaram para o exterior, principalmente Argentina e Chile.

No último boletim, divulgado às 15h40min, o Governo do Piauí comunica ainda que oito casos suspeitos estão sendo monitorados. Outros dois já foram descartados após o resultado dos exames feitos no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. No total, 13 casos foram descartados. Ontem, os casos descartados

foram dois.

Ainda estão sendo acompanhados 8 casos suspeitos no Estado. As amostras com secreções respiratórias desses pacientes estão em análise laboratorial pelo Instituto Adolfo Lutz (São Paulo). Os pacientes foram atendidos no Hospital de Doenças Tropicais Nathan Portella e estão em isolamento domiciliar.

O acompanhamento desses pacientes está sendo feito pela Fundação Municipal de Saúde de Teresina.

A Secretaria mantém o sigilo da identidade dos pacientes, evitando estigma social a essas pessoas. E

reafirma que a rede pública está preparada para monitorar, diagnosticar e tratar precocemente os possíveis pacientes. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) atualizou os alertas sonoros transmitidos nos aeroportos brasileiros e nos voos sobre a gripe suína ?a chamada gripe A (H1N1)? e, a partir desta semana, a recomendação é que os passageiros com sintomas da doença se identifiquem o

quanto antes às autoridades de saúde, Ministério da Saúde havia confirmado 1.027 pessoas infectadas no país desde maio com três mortes.

Fonte: Efrém Ribeiro, Jornal Meio Norte / meionorte.com