Sejus realiza em Parnaíba curso de rastreamento de fugitivos

O objetivo foi capacitar agentes de segurança pública e prisional

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio da Escola de Formação Penitenciária do Piauí, promoveu, de segunda (21) a quarta (23), em Parnaíba, o curso de Rastreamento de Fugitivos em Zona de Mata (Recap).

O curso tem o objetivo de capacitar agentes de segurança pública e prisional a coibir fugas no âmbito do sistema penitenciário. Foram capacitados 49 agentes de segurança (agentes penitenciários, policiais militares e policiais civis) do Piauí, Ceará e Maranhão, dos quais sete são dos dois estados vizinhos.

De acordo com o diretor da Escola Penitenciária, Jacinto Teles, a Secretaria da Justiça tem realizado vários cursos e treinamentos voltados ao aperfeiçoamento dos serviços nos estabelecimentos penais do Estado.

“Qualificar os servidores e demais colaboradores do sistema prisional é essencial para o desenvolvimento da rotina carcerária e a garantia da segurança nas unidades penais. Estamos fazendo isso aliando técnica e respeito aos direitos humanos”, pontua Jacinto.

O curso contou com as disciplinas Rastreamento, Execução Penal e Legislação, Teoria e Prática de Tiro Defensivo. Os conteúdos foram ministrados pelos instrutores Paulo José Rodrigues, Maurício Teixeira e Jacinto Teles, com a carga horária de 30 horas/aula.

O secretário de Estado da Justiça, Daniel Oliveira, ressalta que uma das principais metas da Sejus é “viabilizar o constante aperfeiçoamento dos agentes de segurança prisional. Nesse sentido, já capacitamos mais de 300 servidores em cursos ligados aos serviços penitenciários”.

Segundo o gestor, estão previstos novos cursos já para o primeiro semestre de 2017, em outros presídios do Estado, como o de Rastreamento de Fugitivos em Zona de Mata e o de Negociador Penitenciário.

Image title
Image title

Fonte: Ccom - Sejus