Semar apreende madeira em Parnaíba

O gerente de fiscalização da Semar, Renato Nogueira, explicou que ninguém foi autuado ou multado

A fiscalização da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos(Semar) apreendeu na tarde de terça-feira (30), em Parnaíba, cerca de 200 metros estéreos de madeira (medida de volume para lenha, equivalente a um metro cúbico) e agora está investigando a origem do material.

O gerente de fiscalização da Semar, Renato Nogueira, explicou que ninguém foi autuado ou multado e a ação foi mais educativa, por se tratar de pessoas de baixo nível de informação. A madeira foi apreendida na avenida São Sebastião, no centro da cidade.

Entre os 200 metros estéreos de madeira apreendida estão toras de pau d?arco, mororó, sabiá, piquiá e sapucaia, todas madeira de lei. ?Vamos investigar para descobrir a origem da madeira, a fim de se identificar o local onde ocorreu o desmatamento?, diz Nogueira.

O chefe de fiscalização da Semar anunciou ainda o fechamento de duas jazidas de areia que estavam funcionando nas imediações da Lagoa do Portinho, também em Parnaíba. Segundo ele, elas estavam sendo exploradas sem licença ambiental.

Além de Parnaíba, neste período os fiscais da Semar estão atuando nos municípios de Luís Correia, Ilha Grande e Cajueiro da Praia. A fiscalização atinge também postos de gasolina e o cadastramento de poços tubulares da região.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br