Semar realiza levantamento das chuvas no Piauí

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) concluiu levantamento sobre o quadro da estiagem no Piauí

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) concluiu levantamento sobre o quadro da estiagem no Piauí destacando as classificações de extremamente seco, seco e normal para todos os municípios de acordo com sua respectiva região começando pelo Norte do Estado e terminando com o Extremo Sul na região de Corrente.

Na região Norte do Estado foi encontrado quadro extremamente seco para os municípios de Parnaíba, Luís Correia, Buriti dos Lopes, Cajueiro da Praia, Caraúbas, Caxingó, Cocal dos Alves, Cocal, Ilha Grande e Bom Princípio, mantendo a mesma situação de outubro a novembro de 2009 e prosseguindo em janeiro e fevereiro, registrando alguma chuva em janeiro com normalidade em fevereiro para os municípios de Caraúbas e Cocal.

A região de Piripiri, com os municípios de Pedro II, Piracuruca, Capitão de Campos, Domingos Mourão, Milton Brandão, Lagoa de São Francisco, Brasileira, São João da Fronteira e São José do Divino, teve chuvas normais em alguns municípios e registro de muito seco em outros, o mesmo se repetindo em fevereiro.

O meteorologista Mainar Medeiros explica que o quadro de chuvas no interior do Estado foi elaborado mediante informações fornecidas pelos órgãos de assistência técnica, prefeitura e demais instituições que têm sistema de pluviômetros instalados.

A região de Campo Maior, com os municípios de Alto Longa, Beneditinos, Castelo do Piauí, Nossa Senhora de Nazaré, Cocal de Telhas, Jatobá, São Miguel do Tapuio, São João da Serra, Altos, Juazeiro, Sigefredo Pacheco, Pau D"Arco, Assunção, Boqueirão, Buriti dos Montes, Novo Santo Antonio, Coivaras e Boa Hora, só registrou uma situação de extremamente chuvoso. Foi durante o mês de janeiro em Boqueirão, contudo, voltando à situação de seco no mês seguinte (fevereiro).

Em Esperantina, com os municípios de Morro do Chapéu, São João do Arraial, Matías Olímpio, Batalha, Luzilândia, Joca Marques, Madeiro, Porto, Nossa Senhora dos Remédios, Campo Largo, Joaquim Pires e Murici dos Portelas, registraram-se situações de normal, extremamente seco e muito seco de um município para outro tendo em vista o registro de chuvas localizadas.

Na região de Teresina, que envolve os municípios de Barras, Cabeceiras, Curralinhos, Demerval Lobão, José de Freitas, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Miguel Alves, Monsenhor Gil, Palmeirais e União, só a capital teve em dezembro um mês extremamente chuvoso, alternando com condições de seco e muito seco, para os meses de janeiro e fevereiro.

A região de São Pedro, com Água Branca, Agricolândia, Amarante, Barro Duro, Hugo Napoleão, Regeneração, São Gonçalo, Arraial, Francisco Aires, Angical, Lagoinha, Olho D?Água, Santo Antonio dos Milagres, Passagem Franca, Jardim do Mulato e Miguel Leão, alterna situação de seco e extremamente seco.

Em Valença e nos municípios de Aroazes, Elesbão Veloso e Francinópolis, Inhuma, Ipiranga, Barra do Alcântara, Lagoa do Sítio, Novo Oriente, Pimenteiras, Prata, São Félix, São Miguel da Baixa Grande e Santa Cruz não ocorreu nenhum registro de chuva em fevereiro, enquanto que o mês de janeiro variou de normal, extremamente seco, muito seco e seco.

Até a região de Floriano, tradicionalmente bem chovida, registrou problemas em janeiro e fevereiro, com variações que foram do normal ao extremamente seco, atingindo ainda Guadalupe, Jerumenha, Landri Sales, Marcos Parente, Nazaré do Piauí, São José do Peixe, Canavieira, São Francisco do Piauí e Bertolínia.

Em Uruçui, foram registradas condições favoráveis com municípios registrando índices de extremamente chuvoso a normal, seco e muito seco atingindo ainda os municípios de Antônio Almeida, Ribeiro Gonçalves, Baixa Grande do Ribeiro, Porto Alegre e Sebastião Leal.

A região de Oeiras e Santa Rosa, Campinas, Santa Cruz, Floresta, Colônia, Santo Inácio, Cajazeiras, Wall Ferraz, Tanque e São João da Varjota teve variações climáticas com situações de seco, extremamente seco, normal, e chuvoso.

A região de Picos, com uma grande área em que estão localizados os municípios de São João da Canabrava, Bocaina, Francisco Santos, Monsenhor Hipólito, São José do Piauí, Santo Antônio de Lisboa, São Luiz do Piauí, Dom Expedito Lopes, Fronteiras, Itainópolis, Aroeira do Itaim, Vera Mendes, Massapé do Piauí, Vila Nova, Jaicós, Paulistana, Padre Marcos, São Julião, Simões, Pio IX, Alagoinha, Patos do Piauí, Caldeirão Grande, Alegrete, Caridade do Piauí, Belém do Piauí, Curral Novo do Piauí, Betânia, Marcolândia, Campo Grande, Geminiano, Sussuapara, Queimada Nova, Acauã, Santana e Jacobina, não recebeu nenhuma chuva em fevereiro; em janeiro a situação das chuvas oscilou entre seco, muito seco, extremamente seco e normal.

A região de São João do Piauí com os municípios de Conceição, Isaías Coelho, Bela Vista, Campo Alegre, Capitão Gervásio, João Costa, Nova Santa Rita, Pedro Laurentino, Ribeira do Piauí, São Francisco de Assis, São Miguel do Fidalgo, Paes Landim, Simplício Mendes, Socorro do Piauí e Lagoa do Barro está classificada como normal, extremamente seco, muito seco e seco.

Em Canto do Buriti e municípios da região: Flores, Itaueiras, Rio Grande, Brejo, Pavussu, Pajeú e Tamboril a situação varia de extremamente seco a normal.

A região de São Raimundo Nonato, com Várzea Branca, Dirceu Arcoverde, Fartura, Dom Inocêncio, Anísio de Abreu, São Lourenço, Coronel José Dias, Bonfim do Piauí, Jurema do Piauí, Guaribas, Caracol e São Braz, teve situação classificada em janeiro com quadro extremamente chuvoso, chuvoso, extremamente seco, normal e muito seco.

A região de Bom Jesus, com Redenção do Gurguéia, Manoel Emídio, Palmeira, Cristino Castro, Colônia do Gurguéia, Santa Luz e Alvorada, teve o mês de janeiro chuvoso, seco e muito seco e fevereiro seco, normal, chuvoso, muito seco.

Já a região do Extremo Sul do Piauí, compreendida pelos municípios de Corrente, Cristalândia, Gilbués, Monte Alegre, Morro Cabeça, Riacho Frio, Santa Filomena, São Gonçalo do Gurguéia, Sebastião Barros, Barreira do Piauí, Parnaguá, Julio Borges, Curimatá e Avelino Lopes, teve o mês de janeiro chuvoso, extremamente chuvoso, extremamente seco e muito seco e fevereiro normal, muito seco e chuvoso, só em Avelino Lopes.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br