Sesapi vai ofertar mais 35 vagas para mestrado em Saúde da Mulher

A UFPI vai ampliar para 50 o número de vagas

Devido à crescente procura de candidatos pelo Mestrado profissional em Saúde da Mulher, a Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI), vai ampliar para 50 o número de vagas para essa pós-graduação. Atualmente, são disponibilizadas 15 vagas já aprovadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

Para que isso seja possível, representantes da CAPES estarão no Piauí nesta segunda-feira(19), para fazer uma visita de avaliação em três municípios: Bom Jesus, Parnaíba e São Raimundo Nonato.

De acordo com o secretário da Saúde, Francisco Costa, durante a visita os consultores irão avaliar “a estrutura física do local, o impacto do curso na região e as condições de funcionamento do nos polos. Se avaliados positivamente, o nosso Estado contará, de forma descentralizada, com mais três polos do mestrado em saúde da mulher”.

A coordenadora do Mestrado profissional em Saúde da Mulher, Lis Medeiros, conta que no segundo edital “houve uma procura de mais de 200 candidatos para atender a 15 vagas. Por isso, procuramos a CAPES para viabilizar o acréscimo de mais 35 vagas, totalizando as 50”.⁠⁠⁠⁠

Fonte: Com informações da Ascom/UFPI