Sindicato dos Bancários denuncia casos de assédio moral ocorridos no Piauí

Sindicato dos Bancários denuncia casos de assédio moral ocorridos no Piauí

No Piauí é grande o número de gerentes que sucumbiram devido à pressão dos seus superiores, diz o presidente do Sindicato

O Sindicato dos Bancários denuncia casos de assédio moral no Piauí. Um caso semelhante aconteceu recentemente em Minas Gerais, quando, devido às pressões dos superiores, um bancário por várias vezes tentou suicídio, chegando a ser internado em clínicas psiquiátricas.

Segundo o Sindicato, o que aconteceu em Minas é comum em todo o Brasil. No Piauí é grande o número de gerentes que sucumbiram devido à pressão dos seus superiores. ?Aqui já houve uma denúncia do Ministério Público e a apuração de um processo contra o Banco do Brasil com uma multa de R$ 10 milhões por assédio Moral?, disse o presidente do Sindicato, Ulisses de Oliveira.

Ele assegura ainda que seis pessoas foram terrivelmente assediadas no Piauí. Alguns deles chegaram a se afastar do emprego e tentaram suicídio. ?O Ministério Público apurou tudo isso e fez a denúncia contra o Banco do Brasil, que vai a julgamento.?

Dentre as reclamações dos funcionários estão excesso de jornada de trabalho, alimentação fora de hora, cobranças, metas cada vez mais elevadas e assédio moral. ?Tem gente que não sabe comandar e nem administrar metas. No setor competitivo isso é muito comum, de modo específico em bancos.?

VEJA A REPORTAGEM DO JORNALISTA RICARDO MOURA FÉ

Fonte: Denison Duarte