Sistema de lotação vai garantir professor estadual em sala de aula

A equipe da Educação realizou um levantamento de dados.

Com o intuito de garantir a presença do professor em sala de aula, a equipe da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a secretária Rejane Dias apresentaram, nessa quinta-feira (4), ao governador Wellington Dias, o sistema de lotação dos professores da rede estadual.

A equipe da Educação realizou um levantamento de dados durante seis meses visando facilitar o acompanhamento dos professores, funcionários, alunos e escolas em todos os municípios do estado.

Professores (Crédito: Reprodução)
Reunião (Crédito: Reprodução)

Rejane Dias ressaltou a importância do sistema diante do quadro de profissionais na educação. "Estamos vivendo um momento histórico na Seduc, do ponto de vista da gestão de pessoas. Criar um sistema de lotação de professores e servidores é imprescindível para uma secretaria com mais de 20 mil servidores. É uma forma mais perceptível para realizar as mudanças necessárias na área da gestão de pessoas facilitando o maior controle no gerenciamento de profissionais em cada escola", pontua a secretária.

O sistema de lotação da Seduc permite a consulta de dados por gerências regionais, escolas, servidor por nome e matricula, vínculo do servidor, formação, função, carga horária contratada e exercida, além do número de turmas atendidas por professor.

O governador comemorou a criação da ferramenta que deverá facilitar o planejamento com relação aos investimentos na área da educação.

"A educação agora tem uma ferramenta necessária para quem lida com um número gigante de alunos e requer do governo um volume de investimentos elevado. Esse sistema moderno de gestão da educação, que servirá inclusive de parâmetro para a gestão em outras áreas, permite organizar com maior eficiência investimentos para elevar a qualidade na educação", finaliza Wellington.

Ao final do ano de 2015, o sistema de lotação da Seduc já contava com todos os servidores cadastrados no sistema. Com esses dados, foi possível a criação de 7.908 turmas em todas as escolas da rede estadual. O diagnóstico irá permitir identificar a real necessidade do quadro de pessoal nas escolas.

Fonte: Governo do Piauí