Sobrevivente de ataque com ácido monta salão para ajudar vítimas

A cidade indiana sempre foi palco de grandes cenas de violência.

A cidade indiana sempre foi palco de grandes cenas de violência. Um dos ataques mais comuns que ocorrem no local são os ataques com ácido, a maioria deles, protagonizado por homens que foram rejeitados pelas mulheres e usam o ácido como uma forma de vingança.

Especialistas afirmam que atitudes sobre esse crime devem ser tomadas. No país, existe uma lei que proíbe a venda de ácido até mesmo por conta disso, mas muitas pessoas afirmam que é fácil comprar o produtor. Para piorar, muitas mulheres vítimas do ataque não recebem a indenização que tem direito.

Uma mulher chamada Soniya Choudhary foi uma das vítimas do terror. Sem saber do que estava acontecendo, ela comprou um celular produto de um roubo de um homem. Após investigações, o homem acabou sendo preso e culpou ela do assalto, ela se recusou a confessar algo que não tinha feito, deixando o acusado irritado.

Por conta disso, ele planejou com mais dois homens jogar ácido no seu rosto. Após dois anos sobre o caso, Soniya decidiu montar um salão de beleza e ajudar outras sobreviventes do ataque.

Image title


Fonte: Com informações do R7