Taxistas estão sendo parados pela polícia como medida de segurança

A medida tem como objetivo coibir a criminalidade contra esses profissionais

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA (11) DO JORNAL MEIO NORTE.

Os táxis de Teresina estão sendo parados e fiscalizados pela polícia, enquanto trafegam pela cidade após as 22h. A medida foi uma exigência da categoria, junto ao Governo do Estado, e tem como objetivo coibir a criminalidade contra esses profissionais. Essa faz parte de um conjunto de medidas adotadas pela categoria, após o assassinato do taxista Carlos Alberto de Sousa, no final do mês passado e já começa a ter resultados.

“Nós pedimos mais segurança ao Governo do Estado e solicitamos essa fiscalização pela polícia na semana passada e já fomos atendidos. Nosso objetivo era parar 100% nossas atividades para reivindicar mais segurança, mas não foi necessário. Esperamos que com essas medidas, diminua a criminalidade contra os taxistas de Teresina. Até agora nós não tivemos mais nenhum registro de assalto ou qualquer outro crime contra nós”, disse o presidente do Sindicato dos Taxistas de Teresina, Antônio Barbosa.

Os táxis estão sendo parados em todos os bairros da cidade e ainda nas saídas de Teresina, a partir das 22h, qualquer dia da semana. “A polícia está parando em qualquer lugar, depois das 22h. Para nós não há problemas, pois quem anda regular, não precisa temer esse tipo de coisa”, disse Antônio Barbosa. A medida é uma forma de também manter a segurança dos passageiros que estão nos veículos. “Essa medida foi adotada em Brasília, onde também estavam tendo muitos assaltos em táxis e deu muito certo”, completou.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Pollyana Carvalho