50% dos celulares 4G serão fabricados no Brasil, diz ministro

50% dos celulares 4G serão fabricados no Brasil, diz ministro

Em 2012, o Brasil é o convidado de honra do evento, sendo país-parceiro da CeBIT

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que acompanha a presidente Dilma Rousseff na abertura da CeBIT, feira alemã da qual o Brasil é país-parceiro neste ano, afirmou que pretende que mais de 50% dos aparelhos celulares 4G sejam fabricados no País. "Vamos fazer agora o leilão para celulares de quarta geração e isso vai demandar muitos investimentos e nós queremos que uma parcela significativa, mais de 50% desses equipamentos, seja produzida no Brasil", disse em entrevista à NBR.

É a primeira vez que um país da América Latina é convidado oficial no evento em Hannover. Dilma visitará na terça-feira as instalações das empresas tecnológicas brasileiras que participam da feira de Hannover, e depois retornará a Brasília. A presidente brasileira, acompanhada por uma comitiva de cinco ministros, fala sobre a crise europeia com a chanceler alemã, Angela Merkel.

O ministro Paulo Bernardo destacou também a participação recorde de empresas brasileiras no evento. "Nós estamos falando de investimentos que vão somar muitos bilhões nos próximos anos, e as empresas brasileiras querem participar disso, fazendo parcerias com as empresas alemãs e com empresas do mundo inteiro", disse.

Bernardo também ressaltou a importância estratégia ce estreitar a relação com a Alemanha. "Nós temos empresas que são fornecedoras e outras que são produtoras de equipamentos com fábricas no Brasil. Todos esses contatos visam intensificar essa relação cada vez mais", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br