Aberta consulta pública sobre problemas com internet 3G

O Ministério Público Federal vai receber, ao longo dos próximos 60 dias, informações e opiniões para a elaboração de um procedimento sobre o tema

Foi aberta em São Paulo uma consulta pública à internet móvel de banda larga. O Ministério Público Federal vai receber, ao longo dos próximos 60 dias, informações e opiniões de interessados em colaborar para a elaboração de um procedimento a respeito do tema.

O motivo da consulta, intitulada ?Internet 3G, atendimento ao consumidor, qualidade, velocidade, continuidade do serviço, contrato e condições de oferta?, é a abertura de um inquérito civil a partir de uma representação apresentada por uma associação em defesa do consumidor. A Proteste pediu a apuração de prejuízos provocados pela má prestação de serviços por parte das operadoras de telefonia celular que oferecem o serviço da banda larga 3G.

A entidade manifestou que há reclamações sobre baixa velocidade, oferta diferente do que foi oferecido, mau atendimento ao cliente e ausência total de prestação do serviço.?Há também uma preocupação sobre como esses serviços estão sendo oferecidos e como os contratos estão sendo redigidos, com as operadoras limitando suas responsabilidades?, afirma o procurador da República Marcio Schusterschitz da Silva Araújo, responsável pelo procedimento.

As sugestões podem ser enviadas para o email [email protected] ou para o seguinte endereço: rua Peixoto Gomide, 768, São Paulo-SP, CEP 01409-904, com o assunto ?consulta pública procedimento 1.34.001.004236/2009-18? no envelope. O prazo para envio se esgota às 16h de 18 de maio.

Fonte: Rede Brasil Atual