Ações do Twitter valorizam até 92% na estreia na Bolsa de NY

Ações do Twitter valorizam até 92% na estreia na Bolsa de NY

Os papéis chegaram a US$ 50, alta de 92%, mas recuaram e operam no patamar de US$ 46.

As ações do Twitter começaram a ser negociadas na Bolsa de Valores de Nova York às 13h50 (horário de Brasília) desta quinta-feira cotadas a US$ 45,10, alta de 73,4% em relação ao preço de US$ 26 fixado pela empresa um dia antes. O volume de ações negociadas no primeiro minuto chegou a 13 milhões. Com as ações cotadas na faixa de US$ 45, a empresa valeria US$ 31,5 bilhões.

De acordo com analistas ouvidos pela Reuters, as ações do Twitter devem enfrentar volatilidade neste primeiro dia, mas o valor alcançado na estreia acima das expectativas está encorajando as negociações. Os papéis chegaram a US$ 50, alta de 92%, mas recuaram e operam no patamar de US$ 46.

- Do que pode-se não gostar no Twitter? Existe um potencial incrível e os investidores estão mais abertos a empresas de redes sociais hoje - disse ao site do USA Today Tim Loughran, professor de finanças da Universidade de Notre Dame, especalista em IPO"s de tecnologia - Houve uma mudança de mentalidade em IPO"s de internet.

No IPO do Facebook, em maio do ano passado, o primeiro dia de negociações também foi agitado. As ações começaram cotadas a US$ 38, alcançaram pico de US$ 45, mas fecharam praticamente estáveis, a US$ 38,23.

- Não há maneira suave de dizê-lo graciosamente. O primeiro dia de negociações dos papéis do Twitter, até agora, tem sido um monstro. Mas monstro de grandioso, não monstro de assustador, como foi o IPO do Facebook - diz Jon Swartz, analista do USA Today.

Ao alcançar valor de mercado de US$ 31 bilhões, a empresa que ainda opera no vermelho vale dez vezes mais que a ex-queridinha da internet AOL. Mais, o Twitter se equipara a gigante Yum Brands, dona das redes Taco Bell, KFC e Pizza Hut, que opera 39 mil restaurantes no mundo e lucrou mais de US$ 1,3 bilhão no ano passado.

Tocando o sino

A cerimônia de abertura aconteceu às 12h30, pelo horário de Brasília. Tendo ao fundo uma bandeira do Twitter e um cartaz com a hashtag #Ring, a jovem Vivienne Harr, ao lado do ator de Star Trek Patrick Stewart e uma oficial do Departamento de Polícia de Boston, tocou o sino que deu início ao pregão.

Vivienne, uma menina de apenas 9 anos que vive em Marin County, na Califórnia, ficou conhecida após montar em maio de 2012 uma barraquinha de limonada que lançou o movimento "Make a Stand Lemon-Aid", que luta contra o trabalho escravo infantil no mundo. Por um ano, ela manteve a barraca funcionando e todo a renda foi destinada à organização "Not for Sale".

Executivos e personalidades do Twitter marcaram presença. Os co-fundadores da rede social Biz Stone, Evan Williams e Jack Dorsey, assim como o diretor executivo, Dick Costolo, e o diretor financeiro, Mike Gupta, estiveram na Bolsa de Valores de Nova York para prestigiar a data.

Fonte: O Globo