Aos 10 anos, Windows XP enfim deixa de ser sistema mais popular

O Windows 7 havia superado o XP no Brasil em setembro, com 46,7% ante 46,1%.

Em outubro, mesmo mês em que completou dez anos, o Windows XP finalmente foi destronado do posto de sistema operacional mais popular do mundo, cedendo o lugar para o Windows 7. Em outubro, o XP caiu para 38,6%, ante 40,2% do Windows 7, segundo a empresa de estatísticas StatCounter.



O Windows 7 havia superado o XP no Brasil em setembro, com 46,7% ante 46,1%. No mês seguinte, chegou a 48,3%, contra 44% do XP.

A longevidade do XP se explica em parte pelo fracasso de seu sucessor, o Vista, pesado e problemático demais.

Diante da ameaça do gratuito Linux na então emergente categoria de netbooks, a Microsoft estendeu a vida útil do XP e passou a cobrar apenas US$ 15 dos fabricantes por ele. Foi só com o lançamento do Windows 7, em 2009, e com a chegada do iPad, no ano seguinte, que o XP começou a declinar.

A Microsoft abandonou o sistema de 2001 gradativamente --a versão mais recente do Internet Explorer, por exemplo, não funciona nele.

Se você ainda usa o Windows XP, deve considerar a migração. "Num período curto de tempo, o XP ficará completamente abandonado, e falhas enormes descobertas por desenvolvedores de malware nunca serão consertadas", diz Eric Z. Goodnight, do site How-To Geek.

Fonte: Folha.com