Copa 2014: Aplicativos de celular são alternativa para usar caxirola

Copa 2014: Aplicativos de celular são alternativa para usar caxirola

Instrumento musical criado para a Copa de 2014 foi proibido em estádios. G1 testou quatro aplicativos que recriam o som da caxirola "virtual".

As lojas de aplicativos móveis já contam com opções que recriam o som e o ritmo das caxirolas, chocalho criado pelo músico Carlinhos Brownpara a Copa do Mundo.

As caxirolas ?virtuais?, acionadas com o movimento dos smartphones, podem ser uma alternativa aos instrumentos reais, cujo uso foi proibido nos estádios, segundo confirmou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, na sexta-feira (31).

A possibilidade de proibição da caxirola motivou a criação do aplicativo ?Caxirola World Cup Shake?, há pouco mais de um mês, pelo desenvolvedor Glauber Monteiro, que tem 27 anos e estuda Ciência da Computação na Unifacs, em Salvador. ?Percebi que iria ser proibido o uso da caxirola nos estádios, achei um bom entretenimento e não causará perigo algum em um celular. Então, como trabalho com áudio gravei o som da caxirola real e resolvi lançar por conta própria o aplicativo?, conta o desenvolvedor ao G1. O aplicativo teve mais de 400 downloads até o momento, informa Monteiro.

O G1 testou quatro opções de aplicativos gratuitos para aparelhos com os sistemas operacionais Android, do Google, e iOS, da Apple. Todos os apps são independentes. A The Marketing Store, fabricante distribuidora da caxirola, informou ao G1 que está preparando um app oficial do instrumento para a Copa do Mundo de 2014. ?O aplicativo esta em aprovação da Fifa. Por enquanto, nenhuma versão é oficial?, disse a empresa.

Veja quatro aplicativos gratuitos que recriam a caxirola no celular:

Caxirola

Os fãs da caxirola podem optar pelos sons de uma ou de duas caxirolas no aplicativo criado pela BEEcreative. O som tem boa intensidade e é acionado facilmente, movimentando o aparelho para frente e para trás, sem exigir muito esforço do torcedor.

Sistema operacional: Android, a partir da versão 2.2

Fonte: G1