Apple consegue impedir na justiça venda de tablets da Samsung

Com a decisão, a Apple somou outra vitória legal contra a Samsung.

Um tribunal federal australiano emitiu nesta quinta-feira, a pedido da Apple, uma ordem que bloqueia temporariamente a venda na Austrália do tablet Galaxy Tab 10.1, fabricado pela Samsung.


Apple bloqueia na Justiça venda de tablets da Samsung na Austrália

A juíza Annabelle Bennett analisou o processo da Apple que acusa a Samsung de copiar "cegamente" seu iPad, e considerou que a companhia sul-coreana infringiu duas patentes da empresa americana relacionadas às telas tácteis e aos movimentos para controlá-las.

A Samsung tinha acordado não lançar no mercado ou vender o tablet na Austrália até o anúncio da decisão cautelar, que, finalmente, foi emitida um mês antes da data de lançamento prevista pela companhia.

A disputa legal continuará com a audiência definitiva que deverá acontecer no ano que vem.

Com a decisão desta quinta-feira na Austrália, a Apple somou outra vitória legal contra a Samsung, depois que um tribunal alemão proibiu temporariamente em agosto a venda do Galaxy Tab 10.1 em toda a União Europeia, à exceção da Holanda.

Em comunicado, Samsung expressou sua contrariedade pela decisão e anunciou que "continuará com o processo legal contra a ação da Apple para garantir que nossos produtos inovadores estejam à disposição dos consumidores".

A empresa sul-coreana advertiu, por outro lado, que mantém sua intenção de demonstrar que a Apple violou suas patentes em tecnologia sem fio através de outro processo que é analisado pelo mesmo tribunal federal australiano.

A Apple contestou reenviando um comunicado anterior no qual denuncia a semelhança "nada casual" entre os últimos produtos da Samsung com o iPhone e o iPad, "desde o hardware até o pacote".

As duas companhias mantêm uma batalha legal por patentes em cerca de 20 países em todo o mundo.

Fonte: UOL