Audrey Hepburn é homenageada no Doodle deste domingo; saiba

Audrey Hepburn é homenageada no Doodle deste domingo; saiba

Doodle deste domingo faz homenagem à Audrey Hepbur

O Google lançou, neste domingo, um Doodle em homenagem à atriz Audrey Hepburn, que completaria 85 anos neste 4 de maio. Símbolo dos Anos Dourados de Hollywood, Hepburn é considerada por muitos uma das mais belas mulheres de todos os tempos, além de ser referência em cinema, moda e trabalho humanitário.

O Doodle de Hepburn é bem descritivo de sua carreira, com uma caricatura de seu rosto em destaque, porém com ela dançando (sua paixão de infância) e caminhando com um grupo de crianças, em referência a seu trabalho humanitário ao qual dedicou uma grande parte dos seus anos no fim da década de 80 e início dos anos 90.

A carreira de Audrey é uma das mais bem sucedidas da história do entretenimento. Afinal, ganhou um Oscar, um Tony, um Grammy e um Emmy. Além disso, conquistou ainda três BAFTAs e três Globos de Ouro. Entre 1948 e 1989, gravou 29 filmes, como ?A Princesa e o Plebeu?, pelo qual ganhou a estatueta da Academia como Melhor Atriz.

Nascida em Bruxelas, ela passou a sua infância entre Bélgica, Holanda e Inglaterra, falava diversos idiomas (inglês, francês, holandês, italiano, espanhol e alemão) e passou por um período difícil na infância. Aos 9 anos, seus pais se divorciaram, e ela foi enviada para um internato na Inglaterra, onde se apaixonou pela dança.

No ano seguinte, mudou-se para a Holanda para fugir da Segunda Guerra, temendo uma invasão alemã à Inglaterra. O que ocorreu, porém, foi uma invasão justamente à Holanda, que acabou com diversos de seus parentes mortos. Em 1945, voltou à Inglaterra, tentou carreira no balé, mas não conseguiu por sua altura, e começou a trabalhar como modelo.

Sua carreira no cinema começou em 1948, quando participou do documentário ?Dutch in Seven Lessons?. Quatro ano depois, gravou Montecarlo Baby na França ? e encantou a escritora Collette, que montava a peça ?Gigi? para a Broadway e encontrou em Audrey a sua protagonista.

Pouco depois, participou de um teste para o filme ?A Princesa e o Plebeu?, foi muito bem e ganhou o papel de Princesa Ann, talvez o maior de sua carreira, e rendeu-lhe o Oscar. Assim, ela caiu nas graças de Hollywood e passou a se tornar uma figurinha carimbada em Hollywood.

Audrey Hepburn trabalhou em sucessos do cinema mundial, como Charada, Uma cruz à beira do abismo, Bonequinha de Luxo, Um Caminho Para Dois, entre outros. Além disso, ganhou ainda o Prêmio Humanitário Jean Hersholt do Oscar em 1993 e o Prêmio Cecil B. DeMille pelo conjunto de sua obra, em 1990, do Globo de Ouro.

Levou o Tony em 1954 como Melhor Atriz por Ondine, e um prêmio especial pela carreira em 1968, o Grammy em 1993 pelo melhor álbum de histórias para crianças por Audrey Hepburn?s Enchanted Tales (póstumo) e o Emmy de 1993 por ter a melhor performance individual num programa informativo por Gardens of the World (póstumo).

Depois de uma carreira de décadas de dedicação ao cinema, tornou-se Embaixatriz da Unicef em 1987. Vítima da Segunda Guerra, retribuiu à ajuda que recebeu das Nações Unidas. Sua primeira missão foi na Etiópia, em 1988, quando visitou um orfanato com 500 crianças. Desde então, passou por Europa, América do Sul, América Central e África.

Após uma carreira tão bem sucedida, em 1993 foi diagnosticada com grave câncer de apêndice, que espalhou-se rapidamente para o cólon. Faleceu no dia 20 de janeiro. No entanto, a sua obra segue intocável, seu nome eternizado na Calçada da Fama desde 1960, inspirando documentários e rendendo muitas homenagens.

Fonte: Tech Tudo