CeBIT: protagonismo nacional pode alavancar negócios

CeBIT: protagonismo nacional pode alavancar negócios

País-parceiro do evento deste ano, a abertura terá a participação da presidente Dilma Rousseff.

O Brasil vai exercer um papel de protagonismo na edição deste ano da CeBIT, maior feira de computação do mundo que começa na terça-feira em Hannover, na Alemanha. País-parceiro do evento deste ano, a abertura terá a participação da presidente Dilma Rousseff e mais de 100 empresas com estandes espalhados por toda a CeBIT.

No caso da companhia brasileira Comprova, a primeira participação no evento marca a inauguração da estratégia de expansão internacional da empresa, fundada em 2003. "Estamos pensando em retorno a médio e longo prazo. Estamos querendo criar uma estratégia fora, com parceiros e franqueados. Esperamos que o retorno seja forte", diz o CEO da Comprova, Marcos Nader. "Esse é um momento em que o Brasil vive uma aceitação mundial, e a gente espera que seja revertido para o nosso mercado de TI", completa.

Para o CEO da Comprova, o Brasil é a "bola da vez", e o protagonismo no evento é a prova disso. "O Brasil está muito importante nos últimos anos. Esse apoio institucional do Brasil ser foco da maior feira de tecnologia da informação do mundo mostra que a TI nacional é uma indústria de ponta mundial e somos reconhecidos mundo afora pela nossa qualidade e inovação", afirma.

Durante a feira, o Brasil terá mais visibilidade para discussões de investimento e a possibilidade de mostrar a cultura brasileira para o mundo tecnológico. Aproveitando a visibilidade do Brasil no evento, muitos Estados tem formado comitivas para levar suas empresas para a Alemanha. O Rio Grande do Sul é um deles, que levará 16 empresas para a CeBIT. "Nesta edição, além das 16 empresas, o governo estadual também está apoiando o estande dos parques tecnológicos da Tecnopuc, Tecnosinos e da UFRGS", afirmou em nota o secretário do Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik.

Na feira, a Comprova irá mostrar suas duas principais soluções de certificação digital para aproveitar que os olhos estão voltados para o País. "Vamos divulgar nosso portal para assinatura de contratos digitais, que faz isso 100% online, e nossa carta registrada por e-mail, que comprova juridicamente o envio de notificações eletrônicas", afirma.

Fonte: Terra