Com Idec, brasileiros aderem ao apagão contra lei antipirataria

Com Idec, brasileiros aderem ao apagão contra lei antipirataria

O Idec traz na sua página inicial um aviso de que aderiu ao blecaute contra o Sopa

Não são apenas dos Estados Unidos os protestos contra os projetos de leis antipirataria que tomam conta da web nesta quarta-feira. No Brasil, vários sites estão manifestando sua oposição ao Sopa (Stop Online Piracy Act) e ao Pipa (Protect IP Act), projetos que correm na Câmara e no Senado norte-americanos, respectivamente. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o Idec, traz na sua página inicial um aviso de que aderiu ao blecaute, pois "a liberdade e os direitos de usuários de internet no mundo todo estão ameaçados".

O Idec ainda lembra que além do protesto desta quarta-feira, em 2011, a entidade encabeçou mobilizações com o objetivo de barrar a votação do PL Azeredo (PL 84/99), como a campanha "Consumidores contra o PL Azeredo", que somou mais de 16 mil assinaturas contra o caráter de crime das propostas do projeto, atualmente fora de pauta.

Outros opositores da "Lei Azeredo", como o Movimento Mega Não (http://meganao.wordpress.com/) estão com sites fora do ar, imagens do Twitter trocadas e postando mensagens contrárias ao Sopa e ao Pipa nas redes sócias. Articuladores do movimento estão alimentando uma galeria com imagens dos sites em blecaute (http://bit.ly/zF08kd) e catalogando através de uma pesquisa (http://bit.ly/zwJEsx)os sites brasileiros que aderem ao protesto. Já são mais de 200 sites participando de acordo com os manifestantes ligados ao site Mega Não.

"Com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira em relação ao projeto de lei e demais práticas, normas e medidas judiciais que ameacem a liberdade dos usuários de internet, ocorrerá nesta quarta-feira (18) a iniciativa #SOPAblackoutBR. A mobilização se concentrará num "apagão", ou seja, tirar blogs e sites do ar propositalmente por 12h (das 8h às 20h), exmplificando o quanto a internet e os usuários seriam prejudicados caso os projetos fossem aprovados", anuncia o Idec em comunicado sobre o blecaute.

O manifesto da organização ainda deixa claro que "apesar de ser um projeto de lei norte-americano, o SOPA não afetará apenas os EUA, mas todos os países que dependem dos serviços e sites utilizados diariamente, como o Youtube, Facebook, Google, Gmail, Twitter, entre outros, concentrados, em sua maioria, naquele país, e que podem ser bloqueados. É preciso lembrar também que muitos sites são hospedados nos EUA, mesmo os que não possuam TDL americano (sigla para o domínio de topo, um dos componentes do endereço de internet). Dessa forma, em ambos os casos o site estará sob legislação americana", explicam.

Outros sites como do cantor e ex-ministro Gilberto Gil estão com o aviso do blecaute que no Brasil deve encerrar somente às 20h.

Fonte: Terra, www.terra.com.br