Agora já possível compartilhar carros com cartão de bolso em SP; confira

Agora já possível compartilhar carros com cartão de bolso em SP; confira

Basta passar um cartão de bolso no parabrisa e sair dirigindo

Já pensou entrar em um estacionamento, sacar um cartão do bolso, passar ele no parabrisa de um carro e sair dirigindo? Isto é possível em 45 pontos da cidade de São Paulo, por meio de um serviço chamado internacionalmente de carsharing, ou compartilhamento de carros. No Brasil, a única empresa do ramo atualmente é a ZazCar, que começou a operar em 2010.

O serviço nada mais é do que um aluguel indicado para viagens curtas, que cobra por hora e quilômetro rodado. Mas nada impede que você fique com o carro durante o final de semana inteiro, por exemplo. A empresa, que começou com dois funcionários e dez carros, atualmente conta com 60 veículos e 2,8 mil associados na capital paulista.

Para usar o serviço, basta escolher o local em que vai pegar, reservar pela internet ou pelo telefone, e ir até lá no horário escolhido com seu cartão de sócio. Como a única modalidade disponível obriga o cliente a devolver o carro no mesmo ponto em que pegou, leva mais vantagem quem vai trabalhar com outro meio de transporte e utiliza o carro em viagens esporádicas ou para lazer.

É o caso do representante de vendas Abel Amorim Ribeiro, 50 anos, que vendeu o carro para comprar um apartamento próximo ao local de trabalho e usa a ZazCar há cerca de dois anos. De acordo com ele, o gasto médio com o serviço fica em torno de R$ 500 por mês, mesmo pegando o carro por cerca de 30 horas em finais de semana.

?Vou trabalhar a pé e uso a ZazCar para visitar clientes ou durante o fim de semana. Sinceramente, acho que não volto a comprar carro, dá uma despesa muito grande. Não pago seguro, IPVA, combustível, lavagem, licenciamento, manutenção, vistoria ambiental, revisão, fora o tempo que você perde (no trânsito)?, afirma.

Para usar o serviço de carsharing da ZazCar é preciso ser maior de 21 anos e preencher um cadastro no site da empresa, que só é concluído após envio de uma reprodução da carteira de habilitação (CNH) e inclusão de um cartão de crédito válido no nome do próprio titular. Alguns dias depois, o novo usuário recebe em casa um cartão da ZazCar. A partir daí, basta acessar o site pela web, pelo celular, ou ligar para a central e verificar quais são os carros disponíveis no horário e no ponto desejado.

Para o representante de vendas, a facilidade para pegar o veículo é um dos pontos fortes do serviço. ?Antes alugava em uma locadora convencional, é muito mais burocrático. Tem que ir pegar o carro, passar o cartão de crédito, deixar o valor de seguro, voltar para entregar e estornar o valor do cartão. Eu tenho algo como se fosse o ?bilhete único? para carro?, comparou Ribeiro.

Feita a reserva do automóvel, o usuário encontrará o modelo no ponto definido e identificado por um prisma no teto. Os pontos são estacionamentos conveniados que ficam abertos 24 horas por dia e estão localizados principalmente na zona sul e central de São Paulo, concentrados por enquanto na região da avenida Paulista e no bairro de Pinheiros. Mas também há locais na Móoca, Anália Franco, Saúde, Butantã e Brooklin, entre outros bairros.

Os modelos variam de Novo Uno (o mais barato) ao sedã Cruze (o mais caro). As tarifas começam em R$ 12,90 por hora mais R$ 0,71 por quilômetro rodado. No caso do Novo Uno, uma diária sai por R$ 99,90, enquanto a diária do Cruze fica em R$ 393. Em todos os casos, já estão inclusos os gastos com gasolina e seguro. O usuário também pode escolher modelos como Gol, March, Etios, Fox, Smart e Zafira. A gama pode agradar quem gosta de experimentar. ?Cada semana estou com um carro. Sempre carros novos?, aponta Ribeiro.

Fonte: Terra