Estúdio pornô quer processar HTC por nome de smartphone

Uma linha de smartphones da HTC está causando polêmica nos Estados Unidos

Uma linha de smartphones da HTC está causando polêmica nos Estados Unidos. Não por reclamações dos consumidores ou problemas com as especificações, mas por estar sendo acionada por uma produtora de filmes pornográficos, sob a acusação de que a fabricante está utilizando a sua marca, a Vivid, para dar nome ao celular:


Estúdio pornô Vivid quer processar HTC por nome de smartphone

De acordo com representantes da empresa cinematográfica, nomear o smartphone desta forma poderia causar às pessoas a impressão de que ele teria alguma ligação com a produtora. Por isso, a Vivid Entertainment enviou um ofício formal à HTC ameaçando a gigante das telecomunicações de entrar na justiça se ela não mudar o nome do telefone até a próxima segunda-feira, dia 21 de novembro.

Mark Hoffman, advogado da produtora, afirmou que a sua empresa produz diversos tipos de conteúdo midiático, inclusive para smartphones. Segundo ele, isso poderia gerar algum tipo de confusão, especialmente para os fãs dos filmes pornográficos, de que os celulares da HTC teriam relação com a Vivid Entertainment.

Por mais complicado que possa parecer associar uma empresa de filmes adultos a um smartphone, a Vivid está no mercado desde 1984 e tem, sim, muitos fãs no ramo. Recentemente, inclusive, foi essa a empresa que divulgou um vídeo caseiro da socialite americana Kim Kardashian, e antes já tinha revelado também uma gravação com Paris Hilton em cenas picantes com um ex-namorado.

A HTC ainda não divulgou nenhuma nota oficial, nem demonstrou ciência do ocorrido. Ao que tudo indica, a empresa não deve ceder à pressão e, se necessário, vai à justiça para defender seu novo smartphone.

Fonte: techtudo.com.br