Empresa lança camisinha para USB e garante: "não há riscos"

O cabo possui vários fios, uns são usados para transferência de arquivos, outros para carregar o dispositivo.

Carregar o smartphone num computador alheio por meio da porta USB pode ser perigoso, porque o mesmo cabo que leva energia ao aparelho também pode servir para roubar informações de lá. Para evitar que esse problema ocorra foi lançada uma camisinha para USB.

O cabo possui vários fios, uns são usados para transferência de arquivos, outros para carregar o dispositivo. Pode acontecer de o aparelho sincronizar com a máquina em que foi ligado por acidente, assim como o dono da máquina pode configurá-la para fazer isso propositadamente.


O que a USBCondom faz é isolar os fios destinados à transferência de energia, impedindo que o computador tenha acesso aos dados. O pequeno produto tem o formato de um chip e apresenta as saídas macho e fêmea para ligar o cabo à entrada USB.

A novidade esteve em campanha para levantar fundos em um site de financiamento colaborativo, mas a empresa conseguiu muito mais dinheiro do que precisava. Cada USBConcom custa US$ 10 (cerca de R$ 22), sendo que há preços promocionais, como dez unidades por US$ 72 ou 25 por US$ 150.

Fonte: Olhar Digital