Estudante brasileiro é 1º a comprar iPhone no mundo e Apple posta

O jovem conta que tem o sonho de trabalhar na Apple

Um brasileiro de 18 anos foi a primeira pessoa do mundo a comprar o iPhone 6S, em Sydney, na Austrália. As vendas da nova versão do celular começaram nesta sexta-feira nas lojas da Apple - no Brasil, no entanto, ainda não há previsão de quando será disponibilizado. Por conta do fuso horário daquele país, Vitor Epiphanio, natural de Mogi das Cruzes, em São Paulo, conquistou o título de primeiro comprador.

Em entrevista, Vitor, que está na Austrália desde o fim de maio estudando inglês, conta que que estava na fila desde segunda-feira para garantir o aparelho. Na frente dele, havia quatro pessoas - um australiano que ficou na fila por18 dias, um robô e dois "youtubers" americanos. Durante os cinco dias, dormiu dentro de uma barraca montada na porta da loja da Apple. Segundo ele, a polícia chegou a tentar tirar o grupo do local, mas, com a ajuda do gerente da loja, conseguiram ficar. Quando a sexta-feira finalmente chegou, a expectativa aumentou ainda mais.

Image title


— Pouco antes do início das vendas, o gerente da loja perguntou para mim e aos outros dois primeiros se toparíamos tirar fotos e fazer entrevistas com o iPhone. Aceitamos. Quando a loja abriu, fomos direto para o terceiro andar e recebemos o celular das mãos dos funcionários. Fui o primeiro dos três a pegar. A sensação foi única — conta o rapaz, que pagou 1.530 dólares australianos, cerca de R$ 4.300, no modelo, um iPhone 6S plus de 128 GB.

Mas a melhor parte de tudo isso, segundo Vitor, foi o compartilhamento de sua foto pelo CEO da Apple, Tim Cook. “Obrigado, Vitor, em Sydney! Um dos primeiros clientes do mundo a comprar um iPhone 6S”, escreveu Cook. Até a manhã desta sexta-feira, a foto já havia sido retuitada mais de 1.400 vezes.

O jovem conta que tem o sonho de trabalhar na Apple, e espera que o seu empenho para ser um dos primeiros a comprar o iPhone dê uma ajudinha para realizá-lo.

— Já havia mandado meu currículo para eles. Sei o quanto gostam de quem admira a marca, e espero que, por ter sido o primeiro a comprar o iPhone, eles me dêem uma chance — afirma.

Clique e acesse mais notícias 

Fonte: Com informações do Globo.com