Estúdio pornô perde caso de direitos autorais contra Google

Estúdio pornô perde caso de direitos autorais contra Google

O Tribunal de apelações para o Nono Circuito rejeitou um pedido de liminar do Perfect 10 contra o Google.

Uma corte americana não aceitou a apelação do site Perfect 10, empresa de entretenimento adulto que vende seu conteúdo para assinantes, por quase ter perdido seu negócio pelos resultados de busca de imagens do Google que exibe em miniatura as fotos dentro do do site pornô.

O Tribunal de apelações para o Nono Circuito rejeitou um pedido de liminar do Perfect 10 contra o Google. O tribunal disse que o estúdio não apresentou provas suficientes para provar que ele sofreria danos irreparáveis ​​com as fotos.

O Perfect 10 reivindica que o Google causou 50 milhões de dólares em perdas para empresa. Porém o site pornô não conseguiu apresentar um único cliente antigo que assuma ter parado de pagar as taxas de assinatura do Perfect 10 por causa da disponibilidade de fotos em miniatura no Google Imagens.

Recentemente o Perfect 10 ganhou o direito de continuar na luta judicial contra o Megaupload, site de compartilhamento de arquivos, e além disso também entrou com uma ação contra a Amazon e Visa.

Fonte: www.techtudo.com.br