As pessoas não querem ficar online, mas entrar no Facebook

Tendência de acesso é registrada principalmente nos países em desenvolvimento

O chefe de desenvolvimento corporativo do Facebook, Vaughan Smith, disse que os internautas de mercados emergentes não querem simplesmente entrar na internet: querem utilizar o Facebook. A declaração foi feita durante a Global Mobile Internet Conference em San José, no Estado americano da Califórnia. As informações são do site AllThingsD.

"O Facebook é uma das principais razões para as pessoas usarem a internet", disse Smith. "Elas não estão dizendo que querem entrar na web nos países em desenvolvimento. Estão dizendo: "eu quero entrar no Facebook"", afirmou o executivo.

Atentos à tendência de acesso à rede social a partir de dispositivos móveis, especialmente nos países emergentes, o Facebook está reformulando seus esforços para o desenvolvimento de produtos de maneira a se concentrar na adaptação de seus serviços em tablets, smartphones, netbooks, etc. Até agora, porém, Smith garante que esses usuários rendem menos lucro ao Facebook do que os internautas dos mercados desenvolvidos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br