Face: falha permitia que hackers ativassem webcam de usuários

Falha foi descoberta por dois pesquisadores de segurança indianos

O Facebook corrigiu uma vulnerabilidade na rede social que teria permitido que hackers tivessem acesso à webcam dos usuários sem o conhecimento deles e postassem vídeos em seus perfis sem autorização. A falha de segurança foi descoberta em julho por dois pesquisadores indianos e relatados à rede social. Aditya Gupta e Subho Halder, fundadores da XY Security, ganharam US$ 2,5 mil do Facebook como recompensa pela descoberta. As informações são da Bloomberg.

O porta-voz do Facebook Fred Wolens afirmou que não há nenhuma evidência de que a vulnerabilidade tenha sido explorada por cibercriminosos e algum usuário tenha sido afetado. "Essencialmente, muitas coisas teriam que dar errado - o usuário precisaria ser convencido a visitar uma página maliciosa e clicar para ativar sua câmera e, depois de um tempo, clicar para parar para que o vídeo fosse publicado", afirmou.

O pagamento em dinheiro por descobertas de falhas é comum entre as empresas de tecnologia. Além do Facebook, companhia como Google e Mozilla pagam pela descoberta de vulnerabilidades em seus produtos. As três empresas juntas já pagaram cerca de US$ 2 milhões em recompensas sobre pontos fracos em seus sistemas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br