Facebook, Twitter e sites afetados por hack resetam senhas dos usuários

Os sites estão “resetando” as senhas das contas vazadas na web.

Um ataque hacker que vazou aproximadamente 2 milhões de dados de usuários de sites como Twitter, Facebook, Google, Yahoo e outros serviços da web, está causando preocupação e medidas de segurança nas companhias. Os sites estão ?resetando? as senhas das contas vazadas na web.


Facebook, Twitter e sites afetados por hack resetam senhas dos usuários

O caso foi descoberto na última terça-feira por uma empresa especializada em segurança online, que identificou que o ataque foi causado por um botnet. O vírus infectou máquinas, segundo o estudo feito pela Trustwave, de 92 países, e coletou dados de mais de 300 mil contas do Facebook, 21 mil do Twitter e mais centenas de milhares de outros serviços.

Para evitar que o vazamento dos dados possa prejudicar os usuários, alguns dos sites já estão reiniciando as senhas destas pessoas. O Twitter é um deles, assim como também Facebook e LinkedIn, segundo o site CNN Report. Estas empresas confirmaram à página este procedimento, enquanto o Google e Yahoo não responderam sobre o caso.

No Twitter, há usuários reclamando que estão recebendo mensagens de redefinir senhas mais de uma vez. Há relatos de mensagens dizendo que não é possível inserir uma nova combinação, links de ?redefinidores de senha? que, na verdade, são potenciais malwares, e muitas pessoas reclamando de como ataques a estes sites estão se tornando comuns.

Entretanto, é bom lembrar que a maior parte dos dados vazados foi de senhas ?simples?, e até óbvias, como ?123456 ?, ?123456789 ?, ?1234″ e ?password ?, segundo a análise dos especialistas da Trustwave. Dos códigos, 6% foram considerados ?terríveis?, 28% ruins, 44% razoáveis, 1% boas e apenas 5% excelentes.

As dicas, neste caso, são de somente definir suas senhas em plataformas oficiais dos serviços. Acesse o site do Twitter, Facebook ou outro e faça o processo por lá. Não vá clicando em links recebidos por e-mail ou que viu nas redes sociais. E, quando definir a senha, combine, pelo menos, seis caracteres, com números, letras e até símbolos, fugindo do óbvio.

Fonte: tech tudo