Funções "emprestadas", diz criador do WhatsApp sobre o aplicativo da Apple

Fabricante do iPhone apresentou novo sistema e melhorias em aplicativos


Funções

A apresentação da Apple nesta segunda-feira (2) de uma nova versão de seu sistema operacional, o iOS 8, e a reconfiguração de alguns de seus aplicativos como o iMessage não foi bem recebida por Jan Koum, um dos cofundadores do WhatsApp e presidente-executivo da empresa, comprada pelo Facebook no começo do ano.

O sistema de mensagens da companhia passará a ter permitir o envio de vídeos, áudio e da geolocalização do usuário, além de liberar a criação de conversas em grupo. Todos esses recursos já existem no WhatsApp.

No Twitter, o ucraniano disse, de forma irônica, estar feliz com a Apple. ?Muito honrado em ver a Apple ?emprestar? numerosos recursos do WhatsApp para o iMessage do iOS 8 #inovação?, escreveu (Veja aqui).

Com meio bilhão de usuários em todo o mundo, o aplicativo criado por Koum é o maior exemplo de como as mensagens instantâneas são um foco das grandes empresas de tecnologia. Em janeiro, o Facebook comprou o app por US$ 16 bilhões. Detalhes financeiros da operação podem elevar o valor de venda para US$ 19 bilhões, mas, de qualquer forma, é o maior montante já gasto com um aplicativo.

Algumas funções do novo sistema operacional são voltadas para aplicativos de bate-papo e de redes sociais. Quando uma nova mensagem for recebida, por exemplo, iPhone ou iPad exibem uma notificação na tela. No iOS 8, será possível responder sem destravar o celular e entrar no aplicativo. Será possível fazer isso com o iMessage, mas também com o WhatsApp e o Facebook Messenger.

Fonte: G1