Galaxy Note, da Samsung, já vendeu 1 milhão de unidades

Com visor de 5,3 polegadas, é maior do que um celular convencional e menor do que os tablets de 7"

A Samsung fecha o ano de 2011 com um bom motivo para abrir o champanhe. O Galaxy Note, mais recente iniciativa da companhia, vendeu nada menos que 1 milhão de unidades ao redor do globo nos dois meses desde que foi disponibilizado em lojas do Reino Unido. Os asiáticos se dizem bastante satisfeitos com o resultado alcançado.

Principalmente porque o Galaxy Note fica num meio-termo entre celulares e tablets. Com visor de 5,3 polegadas, é maior do que um celular convencional e menor do que os tablets de 7" ou dos modelos de 10" que costumamos ver por aqui. Único em sua categoria de "tabletphone".

"A velocidade das vendas globais deve acelerar ainda mais para o ano que vem quando o produto estará disponível nos Estados Unidos", comentou a Samsung nos EUA. Geralmente o mercado norte-americano recebe produtos primeiro, mas no caso específico do Galaxy Note até os brasileiros colocaram as mãos no tabletphone primeiro. Por aqui ele está à venda por R$ 1.999 na versão desbloqueada.

Quando apresentado no Brasil, a Samsung chamou a atenção para a stylus que acompanha o Galaxy Note. Acessório sobre o qual Steve Jobs costumava fazer chacota, a stylus serve para fazer desenhos e tomar notas com o máximo de precisão ? de acordo com a fabricante.

O Galaxy Note roda Android 2.3.5. A Samsung confirmou que ele ganha atualização para o Ice Cream Sandwich no ano que vem.


Galaxy Note, da Samsung, já vendeu 1 milhão de unidades

Fonte: Tech Tudo