Google move ação contra consórcio de patentes liderado pela Apple; veja

Objetivo é evitar processos envolvendo dispositivos Android, diz Google. Microsoft e BlackBerry também integram grupo de patentes Rockstar.

O Google entrou com uma ação contra o grupo de patentes Rockstar, liderado pela Apple, por ameaçar a Plataforma Android, especialmente na linha Nexus de dispositivos, informou o site do jornal ?Times of India? nesta quarta-feira (25). Outros integrantes do grupo são a fabricante canadense de smartphones BlackBerry e a empresa de software Microsoft, que também concorrem com o Google.

A empresa de internet argumenta que a campanha de patentes do grupo Rockstar tem como alvo diversas empresas de tecnologia do Vale do Silício e que pretende proteger fabricantes como Samsung, LG, Asus e HTC de potenciais processos judiciais envolvendo patentes.

Em 2012, a Rockstar adquiriu uma grande parte da empresa canadense Nortel, fabricante de equipamentos de telecomunicações e redes, por R$ 4,5 bilhões, sendo US$ 2,5 bilhões financiados pela Apple. As patentes estão relacionadas a funcionalidades de pontos de acesso à internet (hotspots), serviços de mensagens e notificações, detalha o ?Times of India?.

"[O grupo] Rockstar não produz nenhum produto e não põe em prática nenhuma patente?, declara o Google no processo. ?Ao contrário, a Rockstar empresa um time de engenheiros em Ontário, no Canadá, que examinam produtos bem-sucedidos de outras companhias para encontrar qualquer coisa que a Rockstar poderia usar para exigir e extrair licenças para suas patentes sob a ameaça de litígio."

O Chief Executive Officer (CEO) do grupo informou que mais de 100 empresas, incluindo as redes sociais Facebook e LinkedIn, também violam patentes da Nortel, afirma o Google no processo.

Fonte: G1