Grupo alemão usa robô para escrever a Torá, o livro sagrado do judaísmo

Máquina faz parte de instalação no Museu Judaico de Berlim, na Alemanha. Robô dispensa técnicas digitais de impressão e imita escrita humana.


Grupo alemão usa robô para escrever a Torá, livro sagrado do judaísmo

Um grupo de artistas alemães usou um robô industrial nesta quinta-feira (10) para escrever a Torá, um dos livros sagrados do judaísmo. A máquina faz parte da instalação "bios [torah]" e foi instalada no Museu Judaico de Berlim, na Alemanha.

De acordo com o museu, o robô dispensa técnicas digitais de impressão e imita a escrita humana, usando caneta e tinta para escrever "o total de 304.805 caracteres hebraicos em um rolo de papel de 80 metros [de comprimento]".

"A instalação do grupo robotlab se refere à atividade da escrita da Torá, realizada na tradição judaica por um escriba especialmente treinado, o Sofer. Enquanto o Sofer garante a santidade da escritura sagrada, a instalação destaca a sua reprodutibilidade industrial", destaca o museu em nota.

Fonte: G1