Grupo hacker declara guerra contra criador de site pornô com fotos de ex-namoradas

Grupo hacker declara guerra contra criador de site pornô com fotos de ex-namoradas

O grupo hacker Anonymous anunciou o seu próximo alvo: Hunter Moore, criador de sites de compartilhamento de imagens eróticas

O grupo hacker Anonymous anunciou o seu próximo alvo: Hunter Moore, criador de sites de compartilhamento de imagens eróticas sem autorização das mulheres. Considerado pelo site Daily Dot um dos homens mais odiados da web, ele desenvolveu páginas em que estimula ex-namorados a publicarem fotos sensuais das ex-parceiras. Mas agora os hackitivistas esperam fazer com que ele se arrependa das suas atividades.

Moore desenvolveu o IsAnyoneUp, que ficou muito famoso por conta de seu objetivo, no mínimo, curioso. O site chegou a ser tirado do ar após os inúmeros protestos dos internautas, mas na última semana ele anunciou que uma nova versão de seu projeto estava nascendo e com um recurso ainda mais polêmico: ?stalking?, que permitiria o compartilhamento não só das fotos como também de dados das ex-namoradas, como endereço e telefone.

No entanto quem teve o endereço divulgado na Internet primeiro foi o próprio Moore. Esta foi a primeira ação da Anonymous para tentar mudar a cabeça do rapaz e fazer com que ele volte atrás. Os hackers divulgarem diversas informações pessoais do rapaz em um arquivo de texto e lançaram um tipo de operação contra o fundador do IsAnyoneUp, a #OpHuntHuter. A ideia é movimentar o máximo de pessoas possível em torno da causa, que é considerada por eles um caso grave de bullying.

?Esta é a chance de alertar aos Anonymous de todo o mundo que eles podem fazer a diferença nas vidas de centenas de adolescentes que sofreram bullying e protegê-las de perigos de verdade como estupro e perseguição. Hunter Moore, fundador do site de pornografia vingativa IsAnyoneUp, prometeu voltar mais forte do que antes. Esse capitalista ganha com a tragédia dos outros?, diz a Anonymous em um vídeo publicado no Vimeo.

Um dos líderes do grupo revelou ao site BetaBeat que ?centenas, ou talvez milhares? de hackers de todo o mundo aderiram à campanha. Um próximo passo pode ser a derrubada do site HunterMoore.com do ar. No entanto, por enquanto, a página continua ativa. Moore, inclusive, respondeu pelo Twitter às ameaças do Anonymous com a seguinte mensagem: ?LOLLLLLLLLLLLLL?, equivalente a uma grande risada.

Fonte: Daily Dot