Homem que perdeu memória usa Facebook para lembrar o passado

Homem que perdeu memória usa Facebook para lembrar o passado

O caso inaugura uma nova sessão do site que documenta as melhores experiências reveladas por usuários com o Facebook

Mayank Sharma, indiano de 27 anos, é a primeira estrela do Facebook Stories. O rapaz de Nova Deli contraiu uma doença no sistema nervoso central e acabou perdendo a memória. No entanto, graças à rede social, ele começou a reunir algumas lembranças das pessoas que conhecia. O caso inaugura uma nova sessão do site que documenta as melhores experiências reveladas por usuários com o Facebook, que agrupa vídeos mensais sobre histórias de superação relacionadas ao serviço.

O vídeo, que conta a história de Sharma, tem pouco menos de três minutos de duração e mostra o rapaz falando um pouco sobre sua vida e todas as dificuldades que encontrou por conta da doença, contraída em 2010. Enquanto se recuperava em um hospital na cidade, o jovem passou a não reconhecer mais os membros de sua família. E não sabia nem mesmo quem era ele próprio, já que a sua memória havia se apagado totalmente. Os médicos acreditam que ele vai recuperar as lembranças um dia. Mas, até lá, o indiano segue utilizando o ?crowdsourcing? e as redes sociais para se inspirar.

?Quando decidi entrar em contato com as pessoas para me redescobrir, sabia que haveria uma coisa ou outra que não seriam tão prazerosas. Mas acredito que este é um preço pequeno a se pagar por quase três décadas de experiências que vivi e não me recordo", explicou.

Mayank Sharma foi diagnosticado com meningite tuberculosa, que é uma das formas mais graves desse tipo de doença. A transmissão ocorre por via aérea e entre 20% e 50% das pessoas que são infectadas morrem. Quem sobrevive, costuma ter defeitos neurológicos.

"Durante a minha recuperação, todo mundo ficava lá no quarto tentando me ajudar a lembrar das coisas. Acho que me recordo somente deles me contando, porém não consigo me imaginar nas cenas. Acredito que ainda não me lembro do passado, mas sim dos outros me contando?, contou.

O caso do indiano está sendo tratado, mas o diretor da clínica de tuberculose no Texas Children?s Hospital e especialista na doença, Jeff Starke, diz que os médicos estão ?confusos? com a história do rapaz. Afinal, não é normal que ?o dano ao cérebro seja tão grande? a ponto de fazê-lo esquecer de tudo.

?Depende muito do paciente e de outros problemas que ele possa ter. Infelizmente, esta doença é difícil de diagnosticar e não há nenhuma forma de fazer uma previsão sobre quais complicações vão ocorrer. Mas não esperava que ele tivesse tantos problemas?, observou Starke.

Sharma é relativamente conhecido no mundo tech da Internet, já que escreve artigos para PC Plus, Linux Format e Windows: The Official Magazine. O indiano está escrevendo normalmente nos últimos meses, mas só sai de casa com supervisão e para fazer exercícios autorizados. O rapaz criou, inclusive, um site oficial no qual convida as pessoas para ?navegarem pelo seu cérebro?.

Assista ao vídeo de Mayank Sharma no Facebook Stories abaixo:

?Quando decidi entrar em contato com as pessoas para me redescobrir, sabia que haveria uma coisa ou outra que não seriam tão prazerosas. Mas acredito que este é um preço pequeno a se pagar por quase três décadas de experiências que vivi e não me recordo", explicou.

Mayank Sharma foi diagnosticado com meningite tuberculosa, que é uma das formas mais graves desse tipo de doença. A transmissão ocorre por via aérea e entre 20% e 50% das pessoas que são infectadas morrem. Quem sobrevive, costuma ter defeitos neurológicos.

"Durante a minha recuperação, todo mundo ficava lá no quarto tentando me ajudar a lembrar das coisas. Acho que me recordo somente deles me contando, porém não consigo me imaginar nas cenas. Acredito que ainda não me lembro do passado, mas sim dos outros me contando?, contou.

O caso do indiano está sendo tratado, mas o diretor da clínica de tuberculose no Texas Children?s Hospital e especialista na doença, Jeff Starke, diz que os médicos estão ?confusos? com a história do rapaz. Afinal, não é normal que ?o dano ao cérebro seja tão grande? a ponto de fazê-lo esquecer de tudo.

?Depende muito do paciente e de outros problemas que ele possa ter. Infelizmente, esta doença é difícil de diagnosticar e não há nenhuma forma de fazer uma previsão sobre quais complicações vão ocorrer. Mas não esperava que ele tivesse tantos problemas?, observou Starke.

Sharma é relativamente conhecido no mundo tech da Internet, já que escreve artigos para PC Plus, Linux Format e Windows: The Official Magazine. O indiano está escrevendo normalmente nos últimos meses, mas só sai de casa com supervisão e para fazer exercícios autorizados. O rapaz criou, inclusive, um site oficial no qual convida as pessoas para ?navegarem pelo seu cérebro?.

Assista ao vídeo de Mayank Sharma no Facebook Stories abaixo:

Fonte: Tech Tudo