Com preço justo, os ultrabooks podem dominar o mercado; veja

A consultoria IDC prevê que 25 milhões de ultrabooks serão vendidos neste ano, o que representa 10% de todo o mercado de notebooks

Os aparelhos leves e finos com processadores potentes são a aposta das fabricantes de PCs para retomar o fôlego do mercado prejudicado pela popularização dos tablets e smartphones. Mas de acordo com analistas, o preço dos notebooks ultra-finos pode ser um desafio.

A consultoria IDC prevê que 25 milhões de ultrabooks serão vendidos neste ano, o que representa 10% de todo o mercado de notebooks.

As empresas já estão tentando oferecer diferenciais para os ultrabooks para torná-los mais atraentes para os consumidores. Por exemplo, a Intel informou que vai adicionar o recurso NFC em seus aparelhos de referência, para transferência segura de dados, além de ter apresentado modelos com telas sensíveis ao toque, acelerômetros.


IDC: com preço justo, ultrabooks podem dominar o mercado

Fonte: www.cio.uol.com.br