Instagram Camera custará US$ 600 e será lançado no fim de 2013

Instagram Camera custará US$ 600 e será lançado no fim de 2013

A câmera é uma máquina digital equipada com os mesmos recursos que tornaram o app tão famoso - seus diversos filtros

Anunciada neste ano, a Instagram Socialmatic Camera, dispositivo inspirado no aplicativo mobile mais popular de fotografia, já tem uma estimativa de preço: não ultrapassará US$ 600. A informação é do designer do produto, Antonio De Rosa, que confirma para final de 2013 a previsão de lançamento do produto.

A câmera é uma máquina digital equipada com os mesmos recursos que tornaram o app tão famoso - seus diversos filtros - e com o diferencial de imprimir as fotos instantaneamente, como as antigas máquinas da Polaroid. As impressões terão bordas brancas, possibilitando que o usuário escreva no papel, além de um QR code e o nickname do dono da câmera, remetendo para a sua conta. O dispositivo é equipado com uma impressora interna, quatro reservatórios de tinta e um cartucho com papel. Além disso, há uma fita adesiva atrás das fotografias, o que permite a fixação das imagens em diferentes lugares.

A câmera fotográfica é dotada de duas lentes: uma para captação principal e outra com filtros para 3D e aplicações de webcam. De acordo com os desenvolvedores, isso possibilita a alteração estética das imagens. A máquina tem tela sensível ao toque, mede 4 polegadas por 3 polegadas, tem memória de 16 GB e flash com LED. Apresenta, ainda, recursos de conexão com a internet, como wi-fi e bluetooth, além de permitir o compartilhamento de fotos no Facebook e no próprio Instagram.

O visual do dispositivo é parecido com a do logo do aplicativo homônimo, apresentando o mesmo formato quadrado e as quatro listras coloridas no canto esquerdo. O display fica localizado na parte de trás, e as fotos são emitidas pelo canto esquerdo da câmera.

Câmeras instantâneas sobrevivem ao tempo

Mesmo com o período em que a Polaroid ficou sem produzir suas câmeras instantâneas, a paixão pelas fotinhos impressas na hora não morreu. Em 2010, a tradicional marca voltou a fabricar os dispositivos. Além da Polaroid, a Fujifilm aposta neste nicho, assim como a Lomography, marca de câmeras analógicas e acessórios.

Um dos aparelhos produzidos pela Polaroid é o z2300, uma máquina digital que permite editar as fotografias antes da impressão. Com ela, o usuário pode realizar diferentes customizações, como cortes, adição de datas, inserção de diferentes tipos de bordas e colorização em preto e branco. De acordo com o fabricante, a impressão ocorre em até um minuto. Com resolução de 10 megapixels, a câmera tem uma tela de 3 polegadas e um formato vertical, parecido com o das digitais tradicionais. Outro modelo da marca é o z340, uma máquina preta parecida com as antigas da Polaroid. Com 14 megapixels, o equipamento digital tem uma tela LCD de 2,7 polegadas e permite editar as fotos antes da impressão.

Já a Fujifilm detém uma linha de cinco aparelhos automáticos, denominados de Instax Mini 8, Mini 50S, Mini 25, Mini 7S e 210. Os dispositivos são quadrados e produzem fotografias no mesmo estilo de borda da Polaroid, já a Instax 210 é vertical e também realiza fotos nesse formato. A tecnologia permite apenas fazer pequenos ajustes de luz.

Para os amantes da fotografia analógica, existem acessórios que podem ser acoplados em câmeras de filme para imprimir as imagens na hora. Usuários dos modelos LC-A+ e Diana F+ tem a possibilidade de utilizar instant backs em seus dispositivos e imprimirem as fotos nos filmes Fuji Mini Instax.

Fonte: Terra