Instagram faz 3 anos. Confira a evolução da rede social de fotos!

Instagram faz 3 anos. Confira a evolução da rede social de fotos!

Lançado em outubro de 2010, o Instagram chegou a um milhão de usuários dois meses depois, em dezembro.

O mais popular aplicativo de compartilhamento de fotos para smartphones do momento está fazendo aniversário e, neste domingo (6), o Instagram completa três anos. Para comemorar, o TechTudo fez uma lista com alguns dos principais momentos da trajetória da rede, que já tem mais de 150 milhões de usuários em todo o mundo e, atualmente, pertencer ao Facebook..

Sucesso instantâneo - Lançado em outubro de 2010, o Instagram chegou a um milhão de usuários dois meses depois, em dezembro. Criado por Mike Krieger e Kevin Systrom, atual CEO, ele nasceu como Burbn, um app mais completo, com check-ins e roteiros além de fotos. Foi repensado para somente as fotos com os filtros, além do compartilhamento em outras redes sociais, e lançado exatamente às 12h15 do dia 6 de outubro do mesmo ano na App Store (iOs).

Novo visual e mais filtros - Em 2011, o Instagram recebeu mudanças visuais, quatro novos filtros (Amaro, Rise, Hudson e Valencia) e uma interface bem diferente no iPhone. Até então, ele tinha um visual com tons de vermelho. Com seu novo layout, ficou mais semelhante ao atual e elegante, com tons de azul e sem palavras abaixo dos ícones, que foram todos redesenhados.

?Aplicativo do ano? no iOS - No fim do ano de 2011, foi eleito o melhor aplicativo para iOS (iPhone) pela Apple. Foi a consagração de seu novo visual e o ingrediente que faltava para completar sua ascensão histórica. À época, já eram 15 milhões de usuários, somente no iOS.

Aplicativo para Android - Em abril de 2012, o Instagram viveu fortes emoções. No mês anterior, fechou acordo com um rival, o Hipstamatic, para permitir o uso combinado dos dois. Mas, as grandes novidades aconteceram mesmo foi em abril. A primeira delas foi o lançamento de uma versão do aplicativo para Android, sistema mais popular do mundo no mercado de dispositivos móveis. Em seis dias, foi baixado cinco milhões de vezes. A popularização estava a todo vapor.

Aquisição pelo Facebook - Não deu nem tempo de comemorar, pouco depois viria uma notícia ainda mais impactante. Em 9 de abril de 2012, o fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou a aquisição do Instagram pela maior rede social do mundo. O negócio foi fechado por US$ 1 bilhão (cerca de R$ 2,3 bilhões) e foi destaque em toda a mídia internacional.

Boom dos apps ?Insta? - Após o lançamento do Instagram no Android, os aplicativos ?Insta?, ou seja, que têm funções extras para o serviço de compartilhamento de fotos, começaram a bombar em downloadas no Google Play, para Android, e também na App Store, da Apple.

São muitos, como por exemplo o Instamessage, para trocar mensagens com seguidores; o Instasquare, que permite publicar fotos inteiras no aplicativo, sem cortes; e o Instacollage, um criador de montagens com fotos. Entretanto, houve rumores de que a empresa não ficou satisfeita e pretende que estes programas parem de usar o termo ?Insta?. Para os usuários, não importa o nome, mas sim as funcionalidades que eles adicionam ao serviço original.

Suporte a vídeos - Após um 2012 agitado, o ano de 2013 começou mais leve para o Instagram. Entretanto, em junho, o aplicativo ganhou uma grande novidade: suporte a vídeos curtos, de até 15 segundos. Primeiramente, só no iOS e para captura de vídeos. Posteriormente, chegou também ao Android e com a opção de publicar gravações já feitas anteriormente. Assim como nas fotos, eles também têm suporte a filtros. A função ainda não faz tanto sucesso quanto as imagens estáticas, até por exigir conexões melhores, mas já está sendo bastante utilizada.

Correção de ângulos - Em agosto, o Instagram lançou uma ferramenta para solucionar um problema de muitos usuários: ajuste de ângulo da foto. Muitas vezes, o recorte quadrado da foto não permite que ela fique exatamente como o usuário deseja. Com a nova opção de edição, é possível fazer com que seja reposicionada manualmente, caso o update automático não agrade.

Experiência melhor na web - Também em agosto, o Instagram melhorou a experiência de quem navega na sua versão web, em computadores desktop. Agora, é possível não só ver as fotos como também curtir e fazer comentários, da mesma forma que é feito em smartphones. O visual também está mais atrativo, com sequência de fotos exibidas na parte superior da tela.

150 milhões de usuários - No mês passado, setembro, veio a comprovação de que todas estas mudanças de estilo deram resultado. O Instagram anunciou que 150 milhões de pessoas já utilizam o aplicativo no mundo com frequência, sendo 50 milhões no aplicativo para Andro

Anúncios - E o próximo passo do Instagram já está definido: Nos próximos meses, usuários norte-americanos receberão anúncios em seus feeds de notícias, nos moldes dos posts patrocinados do Facebook, por exemplo. A ideia, claro, é capitalizar em cima da enorme base de usuários.

Futuro - Bate-papo? Montagens? Versões para Windows Phone 8 e BlackBerry? Ainda não existem muitas informações sobre o que virá no próximo ano de vida do Instagram. Certamente, ainda há muito o que fazer. E o histórico dos últimos três anos prova que os responsáveis pelo app não se acomodam com o sucesso. Portanto, pode-se esperar boas novidades em breve.

Fonte: tech tudo