Invenção do Cubo mágico é tema de Doodle do Google; saiba jogar

Invenção do Cubo mágico é tema de Doodle do Google; saiba jogar

Cubo de Rubik também possui versões Poliedros Mágicos, com forma diferente

A invenção do Cubo de Rubik, também conhecido como Cubo Mágico, é o tema do Doodle do Google desta segunda-feira (19). Ainda no fim da noite de domingo, a tradicional página inicial do buscador deu lugar ao famoso quebra-cabeça tridimensional para celebrar os 40 anos da criação do brinquedo pelo húngaro Ernő Rubik. O Cubo Mágico, que teve seu primeiro protótipo feito no ano de 1974, segue ainda em 2014 como uma das brincadeiras mais populares de todos os tempos em diferentes gerações.

O Cubo de Rubik é um brinquedo normalmente acessível, de baixo custo, confeccionado em plástico e com seis lados com cores diferentes. Após misturadas as peças, o objetivo do jogo é deixar novamente cada face do cubo com apenas uma cor. A versão mais conhecida é a de 3x3x3 (lados), mas também existem modelos com 2x2x2, 4x4x4 e 5x5x5; cuja dificuldade aumenta ou diminui.

Da sala de aula para o mundo

Em 1974, Ernő Rubik era professor do Departamento de Desenho de Interiores da Academia de Artes e Trabalhos Manuais Aplicados de Budapeste, na Hungria. Naquele ano, ele decidiu criar um protótipo de cubo para ilustrar o conceito de terceira dimensão para os seus alunos do curso de arquitetura. Sua intenção era que a peça fosse perfeita para a demonstração.

A primeira peça construída por Rubik era feita em madeira e teve cada um dos seus lados pintado pelo professor. Cores distintas foram utilizadas para que a pessoa, ao girar as faces do cubo, pudesse ter uma melhor visualização do movimento realizado. A inspiração para o objeto veio ainda de quebra-cabeças conhecidos, como o Tamgram.

Um dos grandes desafios para a construção do cubo, porém, era a confecção de uma estrutura capaz de suportar a peça e aguentar a quantidade de movimentos possíveis com o brinquedo. Para se ter uma ideia, o Cubo Mágico possui 43.252.003.274.489.856.000 (lê-se: 43 quintilhões) de combinações possíveis.

Mesmo sem apoio, Rubik conseguiu que o Cubo Mágico começasse a ser produzido em 1978. O objeto, porém, não foi bem recebido nos meses iniciais e quase não obteve sucesso em seu primeiro ano. No entanto, passado o primeiro aniversário da invenção, o brinquedo caiu no gosto popular e era possível ver várias pessoas tentando resolver o desafio em locais públicos da Hungria.

A explosão de popularidade do Cubo de Rubik só aconteceu a partir de 1980, quando o objeto passou a ser exportado aos milhões para o mundo todo. Para atender a demanda, o objeto passou a ser produzido em diferentes países, incluindo o Brasil.

Ainda em 1980, o Cubo Mágico, como era chamado pelo criador, teve o nome alterado para Cubo de Rubik pela Ideal Toys e ganhou ainda o título de jogo do ano no prêmio alemão Spiel des Jahres. Cinco anos mais tarde, os direitos autorais do brinquedo foram comprados pela Seven Towns, que o reintroduziu no mercado. Estimativas dão conta que um bilhão de unidades tenham sido vendidas em todo o mundo. Atualmente, a empresa e Ernő Rubik trabalham na criação de novos quebra-cabeças.

Como resolver o Cubo Mágico no Doodle

O Doodle na página inicial do Google nesta segunda-feira oferece ao internauta a possibilidade de resolver um Cubo Mágico virtual. Ao acessar a página do buscador, basta o usuário clicar no objeto para começar a resolvê-lo.


Inven鈬o do Cubo de Rubik  tema de Doodle do Google; veja como jogar

Para jogar, o usuário pode usar o ponteiro do mouse para movimentar a peça. Basta dar um clique simples na linha horizontal para girá-la para a direita e clicar e arrastar na direção contrária para fazer o movimento inverso. Para mover uma linha na vertical, é preciso clicar e arrastar em todos os casos.

Campeonatos e quebras de recordes

Mesmo após quarenta anos de sua criação, o Cubo Mágico costuma ser objeto de desafio de aficionados pela brincadeira. Na página do Guiness Book, é possível encontrar até 38 recordes diferentes envolvendo a resolução do Cubo de Rubik. A marca mais rápida de resolução do modelo de 3x3, o mais popular, é do holandês Mats Valk que completou o desafio em 5,55 segundos em 2013.

No Brasil, há campeonatos nacionais e regionais de Cubo Mágico com edições anuais ou em períodos especiais. O país tem um recordista mundial: Gabriel Campanha que, em 1º de dezembro de 2013, tornou-se o mais rápido a resolver um Cubo de Rubik com os pés em um tempo médio de 30,57 segundos.

Curiosidades

1.O Cubo Mágico possui 43.252.003.274.489.856.000 de combinações diferentes possíveis;

2. Se um indivíduo pudesse realizar todas as combinações possíveis em uma velocidade de dez por segundo, seriam necessários 137.151.202.672 anos para concluir a tarefa. Isso é muito mais do que a idade do Planeta Terra (4,5 bilhões).

3. O próprio inventor do Cubo Mágico, Ernő Rubik, levou um mês para resolvê-lo pela primeira vez;

4. "Número de Deus" é como se batiza a menor quantidade de movimentos necessários para resolver o Cubo de Rubik. Atualmente, o mínimo conseguido foi 20 movimentos;

5. Além das variantes de 2x2, 4x4 e 5x5, existem Poliedros Mágicos com outras figuras geométricas;

6. O maior número de pessoas a resolver o Cubo Mágico ao mesmo tempo foi batido por 96 habitantes de Santa Ana, na Califórnia, Estados Unidos;

7. Existem versões do Cubo Mágico adaptados para daltônicos e cegos. O primeiro vem com as cores escritas em cada peça, já o segundo tem a coloração em Braille;

8. Embora seja facilmente encontrado a preço baixos, existem versões luxuosas como este Master Piece, feito com pedras preciosas e ouro 18 quilates. O preço? US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 3,32 milhões);

9. Mais de 60 livros já foram lançados para ajudar as pessoas a encontrar a solução do Cubo de Rubik.

Fonte: Tech Tudo