João Pessoa sedia a RoboCup 2014 com competições abertas ao público

Simpósio para estudantes e pesquisadores da área acontece no dia 25


João Pessoa sedia a RoboCup 2014 com competições abertas ao público
A RoboCup, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, acontece no Brasil pela primeira vez este ano e terá João Pessoa como cidade sede. Considerada a copa do mundo da robótica inteligente, o evento foi criado em 1997 no Japão com o objetivo de construir um time de robôs que pudesse ganhar uma partida contra a seleção vencedora da Copa do Mundo da Fifa. A previsão é de que o objetivo seja alcançado em 2050. A programação acontece de 19 a 25 de julho no Centro de Convenções de João Pessoa.

Os dois primeiros dias da programação são para que os participantes possam se aquecer e preparar os robôs para as competições. No domingo (20), às 15h, será realizada uma pequena cerimônia de abertura. Apenas na segunda-feira (21) as competições têm início, com 17 diferentes ligas que abordam os temas futebol, resgate, tarefas domésticas, educação e logística.

Já se inscreveram aproximadamente 4 mil participantes de 45 países, mas as incrições ainda estão abertas. Segundo a coordenadora geral da RoboCup 2014, Esther Colombini, são esperados cerca de 60 mil visitantes, além dos competidores.

Para visitar a RoboCup e assistir às competições, a entrada é aberta ao público. Os grupos que quiserem fazer uma visita guiada ao evento precisam se inscrever antes. A programação também conta com oficinas, palestras e minicursos, cujas inscrições gratuitas podem ser feitas por meio do site do evento.

As finais de todas as ligas vão acontecer no dia 24. De acordo com Colombini, os vencedores vão ganhar troféus e a Taça Louis Vuitton será entregue ao grupo com o melhor robô humanoide.

Na sexta-feira (25), ainda acontece o Simpósio Internacional da RoboCup para pesquisadores, professores, estudantes e interessados na área. A programação consiste em duas palestras com pesquisadores convidados de renome internacional, apresentações de artigos e um workshop de Educação em Robótica. O simpósio exige inscrição paga tanto para estudantes quanto para professores e pesquisadores.

Fonte: G1