Lançamento dos óculos Google Glass pode ser adiado para 2014

Lançamento dos óculos Google Glass pode ser adiado para 2014

A questão de data de lançamento do smartglass do Google é relativamente polêmica e tem informações desencontradas

O Glass, novo óculos inteligente do Google, só deve chegar às lojas em 2014. A previsão inicial era que o aparelho chegasse ao mercado até o fim de 2013, porém, segundo o site Computer World, a empresa preferiu adiar a apresentação para o ano que vem, em sua conferência anual de desenvolvedores, Google I/O.

A questão de data de lançamento do smartglass do Google é relativamente polêmica e tem informações desencontradas. Em abril, o ex-CEO da empresa, Eric Schmidt, foi o primeiro a comentar oficialmente esta questão e disse que o produto ainda teria um período de um ano de desenvolvimento. Em maio, na edição deste ano do Google I/O, representantes da empresa e fontes não identificadas confirmaram ao Computer World e outras diversas páginas especializadas que a ideia era de lançar o Glass ainda em 2013. Afinal, muitos desenvolvedores já vêm trabalhando no produto. Porém, agora tudo volta a apontar para 2014 - e para a própria Google I/O, que acontece normalmente entre abril e maio.

Se confirmado, a previsão do ex-CEO, de um ano de desenvolvimento, será certeira. Muitos acreditavam anteriormente que a declaração de Schmidt era apenas um "chute" longo, para que o Google pudesse surpreender e lançar o Glass antes disso.

Motivo para adiar seriam problema de Marketing

A empresa não vem tendo problemas técnicos ou de desempenho no Glass, mas aparentemente o Google quer se assegurar da popularidade e do poder dos óculos antes de lançá-lo ao mercado. De acordo com o site Android Community, o marketing do gadget parece ser o grande foco da empresa, atualmente.

Os novos óculos inteligentes têm sido tema frenquente em debates de possíveis usuários e especialistas em tecnologia, especialmente quando o assunto é custo ou privacidade. O que o Google vem tentando fazer é tratar o assunto da melhor maneira que pode, mas ainda existem muitas dúvidas sobre como os óculos funcionarão e o quão invasivo ele pode ser. ?Acredito que o Google quer passar um tempo extra tentando pensar em como introduzir melhor o Glass e como fazer com que os seus consumidores se sintam mais confortáveis com a tecnologia?, avaliou o analista Dan Olds, do Gabriel Consulting Group, em entrevista ao Computer World.

O Google não se pronunciou sobre a data de lançamento do Glass oficialmente e ainda há uma grande cortina de fumaça em torno do futuro do gadget. Preço, data de vendas, funcionalidades-chave e sua relação com a privacidade ainda precisam ser melhor explicadas aos prováveis consumidores antes de sua estreia nas lojas.

Fonte: Tech Tudo