Leitor de livros "Kindle" começa a ser vendido no Brasil por R$ 300

Leitor eletrônico pesa menos de 200 gramas e tem tela de 6 polegadas


Leitor de livros

A Amazon.com começou a vender no Brasil o leitor de livros eletrônicos Kindle, por R$ 300 (acesse aqui). A gigante varejista on-line norte-americana estreou seu site no país em 6 de dezembro, mas ainda não vendia o aparelho. O mesmo Kindle é comercializado nos Estados Unidos por US$ 70.

No Brasil, o dispositivo é vendido por meio de varejistas locais. No seu site, a Amazon direciona o consumidor à loja on-line do Ponto Frio e às lojas físicas da Livraria da Vila, em São Paulo. No Ponto Frio, o Kindle por ser comprado em até 12 vezes ou à vista, com desconto, por R$ 284, nos cartões Ponto Frio ou do Grupo Pão de Açúcar.

O modelo Kindle que chega ao Brasil pesa menos de 200 gramas e tem tela de 6 polegadas. O aparelho ainda conta com acesso à rede Wi-Fi e tem capacidade de armazenar até 1,4 mil livros. O dispositivo também permite fazer uma leitura sem reflexo, mesmo sob a luz do sol.

Livraria on-line

A Amazon estreou no Brasil com mais de 13 mil e-books em português, sendo que mais de 1,5 mil são gratuitos. A Companhia das Letras chegou à Amazon com 500 títulos, e a Globo Livros com 1 mil livros digitais.

O usuário brasileiro pode ainda comprar os mais de 1,4 milhão de títulos em outros idiomas, agora disponíveis com preços em reais. Entre os autores brasileiros presentes na loja estão Paulo Coelho, Daniel Galera, Drauzio Varella, Chico Buarque, Jorge Amado, Lya Luft e Martha Medeiros.

Inicialmente, a página em português da empresa permite apenas comprar livros ? nos Estados Unidos, a varejista vende uma grande variedade de itens, como produtos eletrônicos. A empresa não se posicionou se irá expandir suas vendas locais.

Para ler os livros da Amazon, o usuário deve baixar o aplicativo de leitura gratuito Kindle no seu smartphone, computador ou tablet. O programa está disponível para iPhone, iPod touch, iPad, Android, computadores com Windows 7, XP, Vista e Windows 8 e Mac.

Fonte: G1